Cabo Verde e Portugal reúnem-se em cimeira bilateral este ano no quadro da conversão da dívida em fundo ambiental

11-06-2024 13:19

Cidade da Praia, 11 Jun (Inforpress) – Cabo Verde e Portugal reúnem-se em Outubro/Novembro próximo numa cimeira bilateral “para trabalhar intensamente” em áreas concretas relacionadas com as energias renováveis e água, no quadro da conversão da dívida de Cabo Verde a Portugal em fundo ambiental.

Considerando tratar-se de uma colaboração já reconfirmada pelo primeiro-ministro de Portugal, Luís Montenegro, como sendo “inovadora a nível mundial”, a ministra do Ambiente e Energia de Portugal, Maria da Graça Carvalho, que revelou hoje esta informação à imprensa, disse que já estão delineados os primeiros projectos, “em menor número, mas com maior dimensão”.

Em conferência de imprensa conjunta por ocasião da visita de cortesia de Maria da Graça Carvalho ao ministro dos Negócios Estrangeiros, Rui Figueiredo Soares, esta referiu que os projectos ambientais co-financiados pelo Fundo Ambiental de Portugal em Cabo Verde “estão a decorrer muito bem, numa execução de cerca de 80 por cento (%).

“A nossa ideia é, exactamente agora, prepararmos os detalhes dos projectos a serem confirmados, que será em Outono e começarem imediatamente. Aliás, já está em preparação, do ponto de vista de Cabo Verde, todos os estudos de projectos para arrancarem assim que forem confirmados pelos nossos primeiros-ministros”, explicou.

A palavra de ordem aqui, avançou, é executar, aplicar, não só fazer planos, mas ter coisas mais concretas para mostrar.

Enalteceu, por outro lado, ter inaugurado “um projecto que já está terminado, muito interessante que é o Centro de Educação Ambiental de Santa Cruz, em que vai promover a sensibilidade para o ambiente, às boas práticas a toda a população, mas essencialmente dedicada aos jovens”.

Sublinhou ainda, que da revista passada a todos os projectos de momento há o interesse em acelerar a sua execução, de modo que os projectos em cursos fiquem terminados ainda este ano.

O ministro dos negócios Estrangeiros disse, por sua vez, que a oportunidade serviu para os dois governantes passarem revista aos projectos de cooperação com Portugal nas áreas do ambiente e da energia, mas também para se debruçar sobres esta “vasta cooperação” entre os dois países, no âmbito da visita da ministra portuguesa a Cabo Verde no quadro do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas.

Rui Figueiredo Soares reiterou a “excelência das relações com Portugal” e transmitiu ao governo português os votos de maiores sucessos no desempenho das suas funções.

SR/HF

Inforpress/Fim

Notícias Recentes


13-06-2024 15:45
13-06-2024 14:44
13-06-2024 13:58
13-06-2024 13:52
13-06-2024 13:42