Aposentados da Polícia Nacional empenhados na valorização do capital humano

04-03-2024 12:23

Cidade da Praia, 04 Mar (Inforpress) – A Associação Nacional dos Aposentados da Polícia Nacional, reunida Domingo em assembleia-geral ordinária, reforçou a promessa de apostar em três pilares essenciais, como a coesão social, a valorização do capital humano e o exercício da cidadania.

Segundo o porta-voz do encontro, Manuel Cabral, estes objectivos passam, necessariamente, por uma política de proximidade entre os aposentados, envolvendo actividades como marchas, jantares, almoços, sublinhando que por serem “Geração da Independência” cultivam capital humano que pode ser colocado ao serviço da comunidade, sobretudo, junto dos mais jovens.

Quanto ao exercício da cidadania, Manuel Cabral disse que a Associação Nacional dos Aposentados da Polícia Nacional está em condições de dar a sua colaboração ao país no que for possível, no âmbito das suas especialidades.

Os policiais aposentados reivindicam uma formação em literacia digital e de um espaço social para manter uma aproximação permanente entre os membros.

Do encontro saíram reforçadas estratégias para superar os meandros do Plano de Actividade do ano transacto, alegando que pelo facto de o mundo estar a atravessar contextos difíceis, das quais o país e os policiais reformados não fogem à regra, vários dos projectos programados pela associação, foram adiados dada à falta de respostas dos parceiros identificados.

O encontro serviu, ainda, para a análise e prestação de contas de 2023, debate do plano e dos orçamentos para 2024, com o representante a garantir que, com três anos de existência, a associação detém os instrumentos de gestão democraticamente aprovados, bem como o seu próprio estatuto e o regulamento das eleições.

SR/HF

Inforpress/Fim

Notícias Recentes


22-07-2024 16:55
22-07-2024 16:41
22-07-2024 16:29
22-07-2024 16:29
22-07-2024 16:17