Xi Jinping quer reforçar parceria estratégica com homólogo da República do Congo

22-02-2024 11:27

Beijing, 22 Fev (Inforpress) - O presidente chinês, Xi Jinping, prometeu hoje trabalhar com o seu homólogo da República do Congo na promoção da parceria estratégica entre os dois países, por ocasião do 60º aniversário das suas relações diplomáticas.

“A amizade entre a China e a República do Congo resistiu ao teste do tempo”, observou Xi Jinping, numa comunicação com Denis Sassou Nguesso, citado pela Xinhua.

O Presidente chinês disse ainda que ao longo dos 60 anos, os dois países, apesar das mudanças na situação internacional, sempre se engajaram em uma “cooperação sincera e no desenvolvimento mútuo”.

“Durante os quais os dois lados se tornaram bons amigos que confiam politicamente um no outro e bons parceiros para uma cooperação económica mutuamente benéfica”, acrescentou Xi.

Xi Jinping considerou ainda que, nos últimos anos, os frequentes intercâmbios entre os dois países, o “contínuo aprofundamento” da confiança política mútua e o progresso constante da cooperação prática trouxeram “benefícios tangíveis” para os povos dos dois países, o que, aseu ver, é um reflexo vívido do espírito de cooperação amigável entre a China e a África.

O chefe de Estado chinês disse ainda que valoriza muito o desenvolvimento das relações bilaterais e que está disposto a trabalhar com o presidente Sassou para tomar o aniversário das relações como um novo ponto de partida.

“Enriquecer continuamente a parceria estratégica e cooperativa abrangente entre os dois países e trabalhar juntos para construir uma comunidade China-África de alto nível com um futuro compartilhado, são outros dos desejos expressados por Xi ao homólogo da República do Congo.

Segundo a mesma fonte, Denis Sassou Nguesso expressou que, ao longo dos 60 anos de relações diplomáticas, os povos dos dois países sempre foram “unidos e amigáveis”, defendendo aspirações comuns de paz, justiça e prosperidade. “Isso impulsionou o rápido desenvolvimento da parceria estratégica e cooperativa abrangente entre a República do Congo e a China”, disse.

“Com base na confiança mútua e no benefício mútuo, os dois lados se envolveram em uma ampla cooperação com resultados frutíferos”, reconheceu, acrescentando que está disposto a consolidar e aprofundar ainda mais a cooperação amigável entre a República do Congo e a China, de modo a fazer contribuições positivas para promover a construção de uma comunidade de alto nível com um futuro compartilhado entre a China e a África.

Inforpress/Xinhua

Fim

Notícias Recentes


17-06-2024 8:07
17-06-2024 7:47
16-06-2024 19:33
16-06-2024 16:12
16-06-2024 16:03