Senadora Liz Miranda quer trabalhar projectos ligados ao empoderamento das famílias vulneráveis em Santa Catarina

06-02-2024 21:53

Assomada, 06 Fev (Inforpress) – A senadora pelo Estado de Massachusetts (EUA), Liz Miranda, mostrou-se hoje disponível para trabalhar com a edilidade de Santa Catarina projectos que visam empoderar famílias mais vulneráveis desse município do interior de Santiago.

A senadora estadual norte-americana Liz Miranda, que é a primeira mulher cabo-verdiana eleita para o cargo, foi recebida pela presidente da Câmara Municipal de Santa Catarina, Jassira Monteiro, a quem manifestou a

intenção de mobilizar recursos junto de emigrantes cabo-verdianos nos Estados Unidos da América (EUA), sobretudo de Santa Catarina, para ajudar crianças e famílias vulneráveis desse município.

A senadora pretende ainda criar projectos para ensinar jovens santa-catarinenses a falar inglês, visando prepará-los para que não tenham problemas quando viajarem para os EUA.

Na ocasião, Liz Miranda informou que pretende trabalhar um projecto para trazer por altura das comemorações dos 50 anos da independência de Cabo Verde descendentes de cabo-verdianos radicados nos Estados Unidos da América para conhecerem o país.

Se tal acontecer, disse acreditar que junto vão criar programas e projectos para ajudar Cabo Verde a desenvolver-se nos próximos 50 anos.

Por sua vez, a autarca de Santa Catarina, Jassira Monteiro, mostrou a sua satisfação em receber a senadora Liz Miranda, que notou, assim como ela , é única mulher presidente de câmara no arquipélago, a mesma é a primeira mulher cabo-Verdiana eleita para o cargo de senadora nos EUA.

No encontro, disse que abordou com Liz Miranda os desafios da mulher na política, possibilidade de apoios na área social e de jovens filhos de pais cabo-verdianos nascidos nos EUA possam visitar Santa Catarina para conhecer as suas potencialidades e ainda para intercâmbios com os jovens santa-catarinenses, a nível da cultura, do turismo, e do desporto.

Perante as semelhanças e por defenderem causas comuns, a autarca santa-catarinense disse acreditar que a senadora por estar num país desenvolvido como Estados Unidos de América poderá usar a sua influência para que o papel da mulher seja mais visível na política e dar visibilidade ao município que dirige.

FM/JMV
Inforpress/Fim

Notícias Recentes


14-06-2024 0:17
14-06-2024 1:25
13-06-2024 22:05
14-06-2024 8:00
13-06-2024 19:49