Senadora Liz Miranda promete contacto junto dos descendentes cabo-verdianos nos EUA para atrair investimentos ao país

16-02-2024 16:57

Cidade da Praia, 16 Fev (Inforpress) - A senadora estadual norte-americana de origem cabo-verdiana Liz Miranda prometeu hoje encetar contactos junto dos descendentes cabo-verdianos nos Estados Unidos no sentido de investirem em Cabo Verde, contribuindo para o desenvolvimento do país.

A promessa foi feita no final do encontro que a senadora manteve com o presidente da Câmara Municipal da Praia, Francisco Carvalho, no quadro da visita que efectua a Cabo Verde, desde o dia 04 de Fevereiro.

O objectivo, afirmou, é manter contactos com diversas entidades, para apresentar a ideia de um programa de regresso em massa dos descendentes de cabo-verdianos ao país no ano 2025, por ocasião da celebração dos 50 anos da independência.

“Vou sair com o presidente da Câmara Municipal da Praia para visita a um bairro para ver as necessidades específicas, já ouvi de todos os cantos de Cabo Verde problemas de casa de banho, tecto, uma coisa não digna de habitação”, disse.

A intenção, afirmou, é procurar investidores para apoiar os mais vulneráveis neste sentido, em parceria com as câmaras municipais, uma vez que, assegurou, os descendentes de cabo-verdianos nos EUA têm demonstrado, cada vez mais, forte amizade para Cabo Verde.

O autarca da Praia, por sua vez, avançou que vão ter a oportunidade de poder mostrar de perto essas vulnerabilidades à senadora, com visitas aos bairros de Água Funda e Alto Safende, para que possa conhecer a real situação desses bairros que enfrentam problemas de água, onde muitas famílias não têm casas de banho e não há calcetamento.

“Apresentamos três prioridades a senadora: a primeira tem a ver com camião de lixo, [a segunda] precisamos de contentores de ferro porque os de plástico estão a incendiar, e a terceira é a questão de investidores que possam investir aqui na Praia e no país”, indicou, lembrando ainda de problemas de tectos e falta de casas de banho em muitas habitações no município.

Francisco Carvalho assegurou que a câmara municipal tem feito esforços no sentido de sensibilizar o Governo central, organizações internacionais e a diáspora, para a realidade do país, uma vez que afirmou, muitas destas matérias não são da competência da autarquia.

ET/CP

Inforpress/Fim

Notícias Recentes


14-06-2024 0:17
14-06-2024 1:25
13-06-2024 22:05
13-06-2024 19:49
13-06-2024 19:04