São Vicente: Governo vai abrir três centros de dia e reabilitar centros Nhô Djunga e de Emergência Infantil - ministro (c/áudio)

27-02-2024 14:53

Mindelo, 27 Fev (Inforpress) - O ministro da Família e Inclusão Social afirmou hoje, no Mindelo, que o Governo vai abrir mais três centros de dia na ilha de São Vicente e reabilitar o Centro Nhô Djunga e o Centro de Emergência Infantil.

Fernando Elísio Freire falava após a entrega de kits com materiais e jogos didáticos a algumas creches de São Vicente.

Segundo o governante, em 2024, o Governo vai continuar a sua política social em São Vicente, mas essencialmente centrada nas crianças e nos adolescentes para criar todas as condições para que as crianças estejam na escola ou nos centros de dia.

“Especificamente em São Vicente nós iremos ter mais três centros de dia, em Monte Sossego, Ribeirinha e Salamansa, e reabilitar o Centro Nhô Djunga e o Centro de Emergência Infantil”, precisou a mesma fonte.

Tudo, segundo o ministro, no quadro daquilo que se deseja como acção do Governo para que as crianças estejam “o mais tempo possível” ou na escola ou no espaço de aprendizagem e ter crianças com “todas as condições” para terem um “crescimento saudável num ambiente tranquilo e saudável”.

Conforme Fernando Elísio Freire, esses projectos, com o contrato-programa com a Câmara Municipal de São Vicente, que abarca a universalização do pré-escolar, com a inclusão produtiva em São Vicente, que abarca cerca de 100 famílias, com acompanhamento familiar e com os novos 500 beneficiários do Rendimento Social de Inclusão de São Vicente, demonstram que o Governo está a “trabalhar focalizado e localizando nas necessidades das pessoas”.

Esse trabalho, acrescentou, leva em conta as famílias que têm crianças na sua dependência e tem o “objectivo único de incluir todos, eliminar a pobreza absoluta, reduzir a pobreza e ter igualdade de oportunidade para todos”.

CD/AA

Inforpress/Fim 

Notícias Recentes


13-06-2024 17:11
13-06-2024 16:59
13-06-2024 16:46
13-06-2024 16:42
13-06-2024 16:45