São Vicente: CNAD inaugura exposição “As Cores Incendiárias” de Bela Duarte

01-04-2024 20:11

Mindelo, 01 Abr (Inforpress) – O Centro Nacional de Arte Artesanato e Design (CNAD), em São Vicente, inaugura no próximo dia 11 a exposição “As Cores Incendiárias”, de Bela Duarte, nas galerias com o nome das falecidas artistas Bela Duarte e Luísa Queirós.

De acordo com uma nota do CNAD, a que a Inforpress teve acesso, Bela Duarte (1940-2023) “é um dos pilares da estruturação das artes plásticas em Cabo Verde e juntamente com Manuel Figueira (1938-2023) e Luísa Queirós (1941-2017) ocupam um espaço único no panorama artístico do arquipélago”. 

Isabel Duarte, mais conhecida por Bela Duarte, nasceu em São Vicente, em 1940. Formou-se em Artes Decorativas em Lisboa e foi discente no Curso de Desenho Artístico pela Sociedade Nacional de Belas Artes.

Em 1974, leccionou Desenho no ciclo preparatório, em Cabo Verde, e dois anos mais tarde, integrou o núcleo fundador da Cooperativa Resistência, mais tarde Centro Nacional de Artesanato (CNA), onde ensinou tecelagem, tapeçaria e batique.

Do seu percurso artístico, além de Cabo Verde, participou em exposições na Áustria, Bélgica, Estados Unidos da América, França, Itália e Portugal. Foi distinguida com a Primeira Classe da Medalha do Vulcão, em 2010, e Primeira Classe da Medalha de Mérito da República de Cabo Verde, em 2018.

A artista também foi homenageada com a atribuição do seu nome a uma galeria do Centro Nacional de Arte Artesanato e Design (CNAD) e o seu nome consta das figuras eternizadas no projecto “Passeio Alma das Ilhas”, na Rua de Lisboa, feito pelo Ministério da Cultura.

CD/HF

Inforpress/Fim

Notícias Recentes


19-04-2024 23:26
19-04-2024 22:50
19-04-2024 22:41
19-04-2024 22:36
19-04-2024 21:23