Santo Antão/Pescas: Encontro regional de pescadores debate a situação das pescas na ilha

08-02-2024 14:41

Porto Novo, 08 Fev (Inforpress) – Tarrafal de Monte Trigo, Porto Novo, recebe na sexta-feira, 09, um encontro regional de pescadores de Santo Antão para debater a situação das pescas e os desafios que se colocam ao sector na ilha.  

A construção de um porto de pesca representa “o maior desafio” deste sector, conforme as associações de pescadores em Santo Antão, que apontam ainda a problemática de conservação do pescado e ao acesso ao crédito para a aquisição de equipamentos de pesca como outras preocupações da classe.

O presidente da Associação dos Pescadores do Porto Novo, Atlermiro Neves, exorta o Governo a avançar com a construção do porto de pesca em Santo Antão, por ser um projecto “estruturante e estratégico” para a actividade pesqueira nesta ilha.

Santo Antão carece de infra-estruturas de apoio à actividade pesqueiro, a começar por cais de pesca e desembarcadouros nas comunidades piscatórias, projectos que, segundo os operadores de pesca, devem ser priorizados pelo Governo.

No Tarrafal de Monte Trigo, além de um arrastadouro, a associação de pescadores clama pela resolução do problema de conservação do pescado, lembrando que o Governo tinha prometido para essa comunidade um complexo de pesca.

O acesso ao crédito para aquisição de equipamentos de pesca é apontado pelos pescadores como uma outra preocupação.

Os pescadores têm-se queixado das dificuldades em aceder a créditos disponibilizados pelo Governo, através do Fundo Autónomo das Pescas, uma preocupação colocada semana passada ao ministro do Mar, Abraão Vicente, aquando da sua visita a Santo Antão.

Entretanto, o Governo vai colocar à disposição dos pescadores “uma parte” do porto do Porto Novo para a actividade pesqueira, uma garantia deixada pelo ministro do Mar, que prometeu que a partir do momento em que houver o alargamento deste porto uma parte desta infra-estrutura portuária será destinada à pesca.

O Governo, segundo a mesma fonte, tem à sua disposição um pacote de financiamento de 20 milhões de euros (mais de dois milhões de contos) para, entre outros projectos, construir desembarcadouros em todas as comunidades piscatórias do País.

JM/AA

Inforpress/Fim 

Notícias Recentes


19-06-2024 20:22
19-06-2024 19:52
19-06-2024 19:42
19-06-2024 19:30
19-06-2024 19:17