Santo Antão: Site especializado qualifica Cabo Verde como “um paraíso para entusiastas” do grogue

08-03-2024 18:00

Porto Novo, 08 Mar (Inforpress) - Um site francês especializado na promoção de rum a nível mundial destaca Cabo Verde como “um paraíso para os entusiastas” do grogue, produto com “uma tradição ancestral e uma excepcional diversidade de sabores”.

Conforme o excellencerhum.com, que coloca o grogue produzido em Cabo Verde, nomeadamente em Santo Antão, entre os melhores da “família do rum” em África, “o rhum cabo-verdiano merece ser descoberto e apreciado”.

Esta mesma página da Internet, que promove marcas da aguardente como “Musica e Grogue” e “Vulcão”, ambos de Santo Antão, convida os apreciadores de rumos “a explorar as especificidades que tornam esta bebida típica tão rica”.

A mesma fonte recorda que a aguardente é produzida, há séculos, em Cabo Verde “graças à introdução da cana-de-açúcar pelos colonos portugueses”, explicando que “o cultivo e a transformação desta planta levaram ao desenvolvimento de destilarias locais e à criação de vários tipos de rumos”.

“Ao longo do tempo, as técnicas de produção foram afinadas e diversificadas, dando origem a uma vasta gama de runs cabo-verdianos com sabores diversos. Ainda hoje, a produção de rumos continua a ser uma habilidade artesanal e familiar, transmitida de geração em geração nas diversas ilhas do arquipélago”, nota este site.

Explica ainda que o grogue é um rum agrícola típico de Cabo Verde, produzido a partir da fermentação e destilação do caldo da cana-de-açúcar. Um rum branco, geralmente com teor alcoólico muito elevado (entre 40 e 60%), conhecido pelo seu sabor ousado e poderoso.

O clima tropical e a riqueza geológica excepcional de que goza Cabo Verde "propicia o cultivo da cana-de-açúcar”, diz igualmente o site, informando que a diversidade de solos e condições ambientais existentes no arquipélago permite também o desenvolvimento de diferentes variedades de cana-de-açúcar.

Explica também que a colheita da cana-de-açúcar é muitas vezes feita manualmente, sem o uso de máquinas, e a extração do caldo é realizada em moendas movidas a animais, uma “abordagem ecológica” que ajuda a preservar os recursos naturais e a biodiversidade das ilhas.

O grogue produzido em Santo Antão, mais concretamente as marcas Quinta Mansa, Vulcão e Música e Grogue, esteve presente no World of Rum em Paris, em Fevereiro, certame que contou com mais de 50 marcas de rum mundiais.

JM/CP

Inforpress/Fim

Notícias Recentes


21-06-2024 22:18
21-06-2024 20:26
21-06-2024 20:23
21-06-2024 20:12
21-06-2024 19:35