Santo Antão: Sindicato volta a denunciar falta de cobertura de protecção social dos trabalhadores da Spencer Construções & Imobiliária

28-02-2024 17:53

Ribeira Grande, 28 Fev (Inforpress) – O Sindicato Livre dos Trabalhadores de Santo Antão (SLTSA) voltou hoje a denunciar a não cobertura de protecção social obrigatória dos trabalhadores da Spencer Construções & Imobiliária.

Em comunicado enviado à Infopress, o SLTSA explicou que os profissionais da Spencer Construções & Imobiliária estão sem cobertura do sistema de protecção social obrigatória (INPS) desde o mês de Outubro do ano passado.

Uma situação que, segundo o sindicato, tem criado algum “desconforto e stress” junto aos trabalhadores da empresa.

“Poderíamos enviar este processo ao Tribunal do Trabalho, mas sabemos que não terá uma resposta sumária que a situação exige. Existem leis no país em que se pode aplicar coimas as empresas incumpridoras, mas não fazem nada neste sentido”, queixou-se.

No entendimento do SLTSA, não se pode continuar a aprovar leis da cobertura do INPS aos trabalhadores, para depois ficar como se as mesmas não existissem.

É referido ainda na nota, que o patronato não pode continuar com este “descaso” para com os trabalhadores que labutam muitas vezes em “condições difíceis” e a continuarem a ser “destratados” pelo patronato e pelas entidades fiscalizadoras.

Neste sentido, o SLTSA exigiu uma intervenção das instituições competentes para pôr cobro à situação de não cobertura do INPS dos trabalhadores da Spencer Construções & Imobiliária.

Caso contrario, o SLTSA ameaçou que vai agir junto às instituições internacionais, com a Organização Internacional do Trabalho (OIT).

A Inforpress tentou, via telefone, ouvir o responsável da Spencer Construções & Imobiliária, João Spencer, mas até o fecho da noticia as tentativas foram infrutíferas.

Entretanto, no dia 12 de Fevereiro, o responsável da Spencer Construções & Imobiliária, João Spencer, tinha dito à Inforpress que a empresa estava em processo “bem avançado” de negociação com o INPS para regularizar a situação dos trabalhadores.

A mesma fonte disse ainda que a Spencer Construções & Imobiliária tem “apoiado” os funcionários em caso de necessitarem de medicamentos, com a parte que o INPS dá cobertura.

LFS/HF

Inforpress/Fim

Notícias Recentes


17-06-2024 7:47
16-06-2024 19:33
16-06-2024 16:12
16-06-2024 16:03
16-06-2024 15:47