Santo Antão: Proprietário agrícola denuncia má distribuição da água de rega em Ribeira Duque

03-04-2024 17:00

Ribeira Grande, 03 Abr (Inforpress) – Um proprietário agrícola em Ribeira Duque, no concelho da Ribeira Grande, António Delgado, alegou hoje que está a ser prejudicado com a má distribuição da água de rega feita pelo encarregado da gestão da água naquela localidade.

Em declarações à Inforpress, António Delgado disse que há cerca de três anos a distribuição de água m Ribeira Duque é benéfico para alguns e, no seu caso, é sempre prejudicado.

“Já aguentei de mais. Há dois meses que os meus lotes estão sem receber um pingo de água porque o encarregado pela gestão de água simplesmente não envia água para os meus terrenos e as minhas plantações estão a secar”, denunciou.

Sem entender o motivo do que a mesma fonte considera uma “vingança” pessoal, António Delgado afirmou que já procurou ajuda junto ao Ministério da Agricultura e Ambiente (MAA), através de uma extensionista que conversou com o encarregado e o problema foi resolvido.

No entanto, segundo o proprietário, tempos depois o encarregado da gestão da água de rega resolveu, por conta própria, mudar o que já havia sido combinado com a extensionista do MAA.

“Como é possível ter pessoas a usufruírem em menos de dois meses com a água de rega e, no meu caso, até então as minhas propriedades estão a secar por falta de água?”, questionou.

Contactado pela Inforpress o encarregado da gestão da água de rega em Ribeira Duque, Ferreira João Dias, disse estar “surpreso” com tais acusações.

É que, conforme a mesma fonte, a água é distribuída de acordo com o calendário previamente extipulado e que o tanque principal que abastece a localidade de Ribeira de Duque tem duas levadas e mais 30 tanque de distribuição que cada uma delas é destampada de três em três dias.

“Não vou vender a água de outra pessoa para o abastecer. O senhor António Delgado recebeu água nas suas propriedades no dia 11 de Fevereiro e no dia 22 de Março enviei alguém à casa dele para o avisar que no dia 24 de Março, um domingo, que seria a vez dele ser contemplado com água, mas ele nunca aparece”, explicou.

A mesma fonte garantiu que na terça-feira, 02, voltou a enviar um recado e até então o tanque está cheio e António Delgado não apareceu para regar as suas propriedades.

LFS/HF

Inforpress/Fim

Notícias Recentes


19-04-2024 23:26
19-04-2024 22:50
19-04-2024 22:41
19-04-2024 22:36
19-04-2024 21:23