Santo Antão: Projecto de apoio ao micro-empreendedorismo feminino no turismo com “óptimos resultados” nesta ilha, segundo promotores

05-03-2024 18:14

Porto Novo, 05 Mar (Inforpress) – Os promotores do projecto de apoio ao micro-empreendedorismo feminino ambientalmente sustentável no sector do turismo rural visando a resiliência dos sectores vulneráveis enalteceram hoje “os óptimos resultados” alcançados em Santo Antão.

Este projecto, iniciado em 2019, foi implementado pela Organização das Mulheres de Cabo Verde (OMCV) e pela organização não-governamental italiana Persone Come Noi (PCN, com o financiamento da Agência Italiana de Cooperação para o Desenvolvimento (AICS).

O encerramento do projecto em Santo Antão aconteceu hoje, na Ribeira Grande, e foi uma oportunidade para a presidente da OMCV, Eloisa Gonçalves, destacar o facto de Santo Antão ter sido a ilha onde se conseguiu melhores resultados com a implementação do projecto, também executado em Santiago e no Fogo.

O projecto de apoio ao micro-empreendedorismo feminino ambientalmente sustentável no sector do turismo rural visando a resiliência dos sectores vulneráveis teve como propósito reforçar as capacidades das comunidades e das populações para dar resposta aos turistas que procuram as trilhas nas áreas protegidas e zonas altas de Santo Antão.

Eloisa Gonçalves enalteceu as acções realizadas, como sejam, um centro de interpretação em Águas das Caldeiras, no Planalto Leste, e criação de uma trilha interpretativa, que contribuíram, a seu ver, para “o reforço do conhecimento” sobre a ilha de Santo Antão, “uma ilha com uma dinâmica própria” em matéria do turismo rural.

Irene Cassaniti, coordenadora internacional deste projecto, realçou também “os óptimos resultados” alcançados, destacando o apoio a quatro associações locais, a criação do centro interpretativo e de uma trilha no Planalto Leste.

Além disso, avançou, foram promovidos três cursos de capacitação das populações em matéria do turismo rural com o apoio do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), concedeu ainda a duas dezenas de famílias micro-créditos para desenvolver actividades ligadas ao turismo rural e apoiou também na manutenção das trilhas.

JM/LFS/JMV
Inforpress/fim
 

Notícias Recentes


20-06-2024 22:21
20-06-2024 21:52
20-06-2024 21:37
20-06-2024 21:14
20-06-2024 20:57