Santiago Norte: Comandante Regional da Protecção Civil e Bombeiros reforça apelo de prevenção de situações graves

02-03-2024 18:00

Assomada, 02 Mar (Inforpress) – O comandante regional da Protecção Civil e Bombeiros da Região Santiago Norte reforçou hoje o apelo e a mensagem de prevenção, no sentido de se evitar situações como incêndios e acidentes graves.

Amaro Varela fez este apelo em declarações à imprensa, durante uma actividade de demonstração, na praça central de Assomada, dos equipamentos que se encontram à disposição dos profissionais desta área para casos de acidentes e incêndios, ou outras situações que exijam a intervenção dos mesmos, mas também algumas demonstrações de como actuam em cada caso.

Esta actividade, conforme explicou o comandante, decorre no quadro da comemoração do Dia Internacional da Protecção Civil, assinalado a 01 de Março, onde a mensagem que quer deixar à população desta região, composta por seis municípios, é que continuem a trabalhar na prevenção.

Prevenção esta que se inicia na questão das queimadas, que segundo o mesmo, evitando esta prática reduz consequentemente o número de incêndios, recordando que Santiago Norte foi a região onde mais se registaram incêndios em 2023 e o foco da equipa da Protecção Civil e Bombeiros na região é sensibilizar o público para não fazerem queimadas, mostrando as consequências do acto.

Sobre a actividade de hoje, avançou que estão a elucidar a sociedade sobre os meios que o serviço tem disponível para prestar socorro e para o salvamento de vítimas de acidentes, mas também em casos de incêndios em habitação ou nos campos o que é que têm e como podem intervir.

Segundo este responsável, a equipa possui um camião pesado de combate a incêndio, uma ambulância para o transporte de doentes e vítimas que precisem de um atendimento mais especializado e os equipamentos que compõe estas viaturas.

Com esta exposição, pretenderam sensibilizar a comunidade também para evitar comportamentos de riscos e esclarecer sobre algumas práticas, apresentando ao mesmo tempo algumas demonstrações de primeiros socorros, reanimação de pacientes, entre outras práticas e cuidados em intervenções no terreno.

Quanto a equipamentos à disposição da equipa, Amaro Varela considera que há meios que lhes permitem dar respostas aos casos, embora esteja consciente de que sempre é necessário mais e mais materiais para uma intervenção cada vez mais eficaz e eficiente. 

Igualmente, destacou a prontidão das equipas dos Bombeiros e de Protecção Civil na região e em toda a ilha que sempre atendem aos pedidos de reforço prontamente em casos de emergência.

Esta actividade chamou a atenção de várias pessoas, entre elas os alunos dos liceus. A aluna Lucilene Lima considerou de extrema importância esta demonstração pública, justificando que todos estão sujeitos a passar por situações em casa, na escola ou em qualquer outro local, e pode ser necessário reanimar a vítima até à chegada da equipa de Bombeiros ou dos hospitais.

Nesse sentido, realçou que a demonstração feita prepara as pessoas para uma intervenção em caso de prestação de primeiros socorros no local de maneira correcta sem agravar mais a situação da vítima.

MC/HF

Inforpress/Fim

Notícias Recentes


16-06-2024 6:46
16-06-2024 6:39
16-06-2024 6:33
16-06-2024 6:26
16-06-2024 6:17