SADC apoia candidatura de Angola à liderança da União Africana

11-03-2024 16:47

Luanda, 11 Mar (Inforpress) – O conselho de ministros da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) aprovou hoje, em Luanda, a metodologia de eleição da próxima liderança da União Africana (UA), subscrevendo a candidatura de Angola ao cargo.

De acordo com o presidente do conselho de ministros da SADC, o ministro angolano das Relações Exteriores, Téte António, o encontro, que terminou hoje na capital angolana, aprovou 47 decisões, sendo a última sobre a metodologia de eleição da próxima liderança da UA.

Pelo menos 46 decisões foram aprovadas domingo e uma sobre a rotatividade na liderança na União Africana aprovada hoje, no segundo e último dia do encontro.

“Hoje terminamos com uma nova decisão que tem a ver com a próxima liderança da comissão da União Africana, uma questão bastante importante, portanto era preciso termos essa última decisão adicional que é da região austral”, disse Téte António em declarações aos jornalistas.

Segundo o embaixador angolano, a SADC tem sempre uma posição comum quando se trata de candidaturas e a decisão aprovada hoje, em conselho de ministros, vem “consagrar” a posição da Comunidade sobre a metodologia de eleição da próxima liderança da comissão da União Africana.

“Uma próxima presidência rotativa anual da União Africana que será a presidência angolana”, salientou Téte António.

Segurança alimentar, juventude, industrialização da região, fator humano, paz e segurança e saúde, constam também das decisões saídas hoje do encontro, como noticiou a Rádio Nacional de Angola.

Angola, que assumiu a presidência rotativa da SADC (bloco regional composto por 16 países) em agosto de 2023, deve formalizar, no final deste ano, junto da Comissão da UA, a sua candidatura à presidência rotativa desta organização continental.

Téte António defendeu no domingo, na abertura dos trabalhos, mais atenção às necessidades dos jovens no contexto de desenvolvimento do capital humano, apontando o acesso à educação e ao emprego entre os principais desafios.

O Zimbabué receberá este ano a presidência rotativa da SADC que lhe será passada por Angola.

Inforpress/Lusa

Fim

Notícias Recentes


20-06-2024 8:09
20-06-2024 8:02
20-06-2024 7:55
19-06-2024 22:59
19-06-2024 22:48