Presidente da câmara compromete-se a promover Cidade Velha como destino turístico sustentável e inclusivo

27-02-2024 19:18

Cidade Velha, 27 Fev (Inforpress) - O presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande de Santiago, Nelson Moreira, comprometeu-se hoje a promover a Cidade Velha Património da Humanidade como um destino turístico sustentável e inclusivo.

O autarca fez esta afirmação na cerimónia de encerramento do projecto “Tourism Acceleration Cidade Velha”, um projecto celebrado entre a edilidade ribeira-grandense e o PNUD, no valor dos 2,5 milhões de escudos, visando testar soluções para impulsionar o turismo na Cidade Velha, Património Mundial da Humanidade.

Conhecido pela sua história, cultura e gentes, Ribeira Grande de Santiago, segundo o presidente da câmara, está empenhada em desenvolver seguindo a visão da sua edilidade e do Governo em transformar-se num pólo de desenvolvimento turístico da ilha de Santiago.

Nelson Moreira manifestou sua satisfação por Cidade Velha tomar parte de um projecto que visa testar ideias e possíveis soluções para impulsionar e destacou o grande parceiro, nesta iniciativa, o PNUD e outros escritórios das Nações Unidas em Cabo Verde.

“Com esta iniciativa apostamos numa formação dos agentes operadores turísticos económicos ligados ao turismo, operacionalizamos um portal destino Cidade Velha, assinalamos paragens e personalizamos ‘hiace’ para maior reestruturação e organização dos serviços de transporte Cidade Velha/Praia/Cidade Velha e implementamos um quiosque de informação turística”, disse, lembrando que estas mudanças surgem em resposta aos desafios para uma maior objectividade e reestruturação de oferta turística da Cidade Velha.

O representante do Escritório Conjunto do PNUD, UNFPA e UNICEF em Cabo Verde, David Matern, por sua vez saudou os ribeirenses pela participação na iniciativa do projecto piloto “Tursimme aceelerren” em Cabo Verde.

“O turismo é o sector mais vital da economia cabo-verdiana, contribuindo com cerca de 25% do PIB e empregando directamente 22% da força de trabalho no país. No entanto, concentra-se principalmente nas ilhas do Sal e Boa Vista, que recebem mais de 90% de turistas”, disse, sublinhando que a diversificação geográfica do turismo e a expansão de oferta como abordagem inclusiva são para um crescimento sustentável que beneficiam as comunidades e suas famílias.

Explicou que o projecto concentra-se no turismo e reconheceu a Cidade Velha como um dos principais destinos turísticos do país devido à sua riqueza histórica, cultural e gastronómica, aliada à hospitalidade.

Neste particular, ressaltou ainda que o turismo sustentável é aquele que é capaz de beneficiar, acima de tudo, pessoas e os lugares, alegando que por este projecto é por este motivo “inclusive e sustentável”.

Durante a formação, os formandos identificaram alguns constrangimentos ao desenvolvimento do turismo no município que passam pela insuficiência de transportes e limitações dos operadores na comunicação de línguas estrangeiras.

Neste âmbito, foram realizados treinamentos em inglês e francês, marketing digital e com recurso à inteligência artificial.

Foi ainda inaugurado um ponto para informações turísticas e fez-se mudanças no visual dos transpositores que fazem trajecto Cidade Velha/Praia/Cidade Velha.

PC/CP

Inforpress/Fim

Notícias Recentes


20-06-2024 22:21
20-06-2024 21:52
20-06-2024 21:37
20-06-2024 21:14
20-06-2024 20:57