Portugal: Ministro garante que Cabo Verde está a avançar para um turismo “sustentável e diversificado”

29-02-2024 13:47

Lisboa, 29 Fev (Inforpress) – O ministro do Turismo e Transportes, Carlos Santos, garantiu hoje, em Lisboa, que Cabo Verde está a trabalhar na redefinição da sua visão turística e a avançar em direcção a um turismo “sustentável e diversificado”.

O governante falava no “Talk Turismo – Cabo Verde está a mudar”, organizado no âmbito da 34ª edição da Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL) 2024, que decorre até domingo, 03 de Março, na Feira Internacional de Lisboa (FIL), Parque das Nações, em Lisboa, e que tem Cabo Verde como o destino internacional convidado.

“Desde 2016 começamos a redefinir o que era a nossa visão, que basicamente assenta num desenvolvimento sustentável, um crescimento saudável, orientada para as preocupações ambientais, sociais e económicas, de forma a preservar aquilo que são os recursos que nós temos. Afinal estamos a falar de um país arquipelágico, um ecossistema frágil”, frisou.

Segundo o ministro, o turismo em Cabo Verde é diversificado e não se limita apenas às praias, mas também explora a riqueza da diversidade paisagística do país, ou seja, uma abordagem que visa proporcionar experiências memoráveis e sustentáveis para os visitantes em todas as ilhas.

Carlos Santos assegurou que o país tem colhido os frutos de sua estratégia, com uma “recuperação notável” do sector após os desafios impostos pela pandemia da covid-19, sendo que, em 2022, Cabo Verde registou uma “forte recuperação” no número de turistas, aproximando-se dos níveis pré-pandémicos.

Além disso, o governante sublinhou que Cabo Verde está a investir em infra-estrutura turística, visando melhorar a acessibilidade e as condições de segurança para os visitantes, apontando projetos como o novo terminal de cruzeiros em São Vicente e a expansão dos transportes internos como exemplo do compromisso do Governo em fortalecer o sector.

Conforme a mesma fonte, a estratégia de diversificação do turismo inclui iniciativas para promover o turismo cultural, eventos e circuitos, destacando eventos como o Carnaval de São Vicente e festivais locais que estão “ganhando reconhecimento internacional”.

O ministro mencionou também o Programa Operacional do Turismo (POT), a vigorar de 2022 a 2026, que visa “infra-estruturar as ilhas, melhorando a qualidade de vida dos habitantes e garantindo uma experiência positiva para os visitantes”.

“É chegado o momento de o Governo apostar e investir na promoção do país. E aí temos a estratégia de olhar para o marketing digital, para nós conseguirmos investir, dar a conhecer o país tão profundo que nós temos”, declarou Carlos Santos, que avançou que a estratégia é conseguir parcerias internacionais, com destaque para os mercados europeus, como Portugal e Espanha.

O governante também lançou um apelo aos parceiros portugueses, incentivando uma maior cooperação para fortalecer os laços entre os dois países e aumentar o fluxo de turistas portugueses para Cabo Verde.

No “Talk Turismo – Cabo Verde está a mudar” também esteve o ministro-adjunto do primeiro-ministro para a Juventude e Desportos, Carlos Monteiro, que falou sobre “Cabo Verde Trail Series 2024” e como este pode ser integrado como um produto turístico.

A directora comercial dos TACV, Eunice Barbosa, por seu lado, abordou os desafios da companhia aérea nacional para 2024, destacando a retoma dos voos para o Brasil, ainda em Junho, e para Estados Unidos da América (EUA), assim como inicia a rota Londres-Praia.

O evento contou com as presenças de vários operadores turísticos, tanto nacionais, como estrangeiros.

DR/AA

Inforpress/Fim

Notícias Recentes


19-06-2024 19:52
19-06-2024 19:42
19-06-2024 19:30
19-06-2024 19:17
19-06-2024 19:02