Portugal: Livro “A bagagem de imigração” de Patrícia Moreira apresentado hoje em Lisboa

03-02-2024 19:36

Lisboa, 03 Fev (Inforpress) – O livro “A bagagem de imigração”, de Patrícia Pereira, foi hoje apresentado no Centro Cultural Cabo Verde (CCCV), em Lisboa, e esteve a cargo da jornalista, escritora e fundadora da plataforma Afrolink, Paula Cardoso.

“O que inspirou é que eu imigrei para Marselha, França, que é para onde imigra a personagem principal do livro e ouvi muitas histórias e vi, por isso, queria das vozes a esses episódios que acontecem e trazê-las para a literatura”, explicou Patrícia Pereira, em declarações à Inforpress.

Segundo ela, o livro fala do preço do sonho da imigração, a estiagem na ilha, a debilitação da mãe, a filha menor, o amor pelo Samuel e o desemprego que empurram Ayana a abandonar Cabo Verde e a partir rumo à Europa em busca do sonho da imigração e de uma vida melhor.

Conforme a autora, quando ela chega na Europa descobre que “não é assim tão fácil” do outro lado do oceano irá encontrar as dificuldades da imigração e um companheiro violento e, entre perdas, desilusões e medos, ela conhece Núbia com quem irá viver um grande sentimento.

“O que nós passamos é como as pessoas enxergam os imigrantes. Não temos histórias, nem passado, nem futuro e somos apenas mais um número que chegou ao país. E, ao mesmo tempo, a ilusão daqueles que ficam também, na esperança que depositam naquele que partiu”, frisou.

Patrícia Moreira nasceu e cresceu em Lisboa, neta de imigrantes cabo-verdianos, licenciou-se em Ciências da Linguagem na Universidade d’Aix-Marseille, França, país onde esteve imigrada por alguns anos, tendo realizou o seu mestrado em Português Língua não Materna, na Universidade do Minho.

Nessa sua primeira apresentação do seu segundo livro, Patrícia Pereira que conhece Cabo Verde e Santiago, em particular, de onde são os seus avôs, pretende fazer outras apresentações da obra, apesar de, conforme disse, ainda não ter nada planeado.

Autora também do livro “As novas identidades portuguesas” e do conto “Fidjo fêmea”, teve o seu primeiro guião “Vidas” seleccionado para a final da IX Edição do Festival Guiões e o mesmo guião venceu o prémio MUTIM 2023 e ficou ainda na ‘shortlist’ dos 25 projectos mais interessantes na convocatória do Pitche Me! 2023.

A apresentação do livro também contou com a participação de três outros oradores, sendo a escritora e ‘rapper’ Telma Tvon, o autor, realizador e actor Etivaldo Camala e autor, pesquisador e professor universitário em estudos comparados de literatura Lucca Fazzini.

DR/CP

Inforpress/Fim

Notícias Recentes


19-06-2024 20:22
19-06-2024 19:52
19-06-2024 19:42
19-06-2024 19:30
19-06-2024 19:17