Portugal: Cabo-verdiana Linda Furtado narra sua história de superação em livro lançado no Dia Internacional da Mulher

09-03-2024 11:12

Lisboa, 09 Mar (Inforpress) – A autora cabo-verdiana Linda Furtado lançou o seu livro na noite desta sexta-feira, em Lisboa, partilhando uma história de resiliência e superação, com relatos emocionantes e inspiradores no Dia Internacional da Mulher, 08 de Março.

Intitulado “A incrível história de Linda Furtado – Uma mulher incansável”, o livro já foi lançado na França, onde reside a autora, e agora chega às mãos dos leitores em Portugal, no lançamento que aconteceu no Centro Cultural Cabo Verde (CCCV), no âmbito da sua programação de “Março, Mês da Mulher”.

Linda Furtado, natural de Achada Espinho Branco, Caleta São Miguel, interior da ilha de Santiago, decidiu partilhar sua jornada de vida em um livro após enfrentar inúmeros desafios desde o momento em que estava no útero de sua mãe.

“Minha vida foi uma batalha desde o nascimento, escapando da morte por falta de oxigênio”, revelou a autora, explicando que a obra narra uma série de perdas significativas na sua vida, incluindo a perda de seu pai aos 17 anos e a de seu irmão em 2010.

Ela também mencionou a tristeza da perda de um ente querido há seis meses, embora este último não tenha sido incluído no livro, pois, no momento da conclusão da obra, essa pessoa ainda estava viva.

Além das perdas familiares, Linda enfrentou a violência doméstica em suas diversas formas, sustentado que foram essas violências que lhe deram mais força para escrever o livro e ajudar outras mulheres que sofrem como ela sofreu.

A autora disse que escolheu propositalmente o Dia Internacional da Mulher para abordar este capítulo, consciente de que muitas mulheres perdem suas vidas devido à violência doméstica.

“Deus tinha que me poupar para poder contar esta história hoje”, reflectiu Linda, que partilha uma mensagem de esperança e encorajamento para as mulheres que enfrentam situações semelhantes.

“A mensagem forte que posso dar para todas as mulheres que estão passando por essa situação é que, se estiverem com uma pessoa que as maltrata, nada melhor do que a separação”, declarou a autora, destacando a importância da segurança e do bem-estar das mulheres em situações de violência doméstica.

Ela ressaltou a importância da força feminina e incentiva as mulheres a não desistirem de suas vidas por ninguém.

DR/ZS

Inforpress/Fim

Notícias Recentes


20-06-2024 8:09
20-06-2024 8:02
20-06-2024 7:55
19-06-2024 22:59
19-06-2024 22:48