Portugal: Cabo Verde aposta em encontros e conferência para promover destino na Bolsa de Turismo de Lisboa

28-02-2024 13:02

Lisboa, 28 Fev (Inforpress) – Encontros e B2B, conferência empresarial e “Turismo Talk” para promover o destino, são algumas das apostas de Cabo Verde como o destino internacional convidado na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), que arranca hoje.

A 34ª edição da BTL 2024 decorre até 03 de Março, domingo, na Feira Internacional de Lisboa (FIL), Parque das Nações, em Lisboa, e a delegação cabo-verdiana é chefiada pelo primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, com a presença do ministro do Turismo e Transportes, Carlos Santos, e do ministro-adjunto do primeiro-ministro para a Juventude e Desportos, Carlos Monteiro.

Hoje, no arranque do evento, que terá a inauguração oficial presidida pelo Presidente da República de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, às 13:00 (12:00 em Cabo Verde), haverá uma recepção cultural com musica de Cabo Verde à entrada da BTL e visita ao ‘stand’ de Cabo Verde que terá música ao vivo.

Para esta quinta-feira, 29, o dia é reservado ao “Turismo Talk – Cabo Verde está a mudar” e a “Conferência empresarial: Oportunidades de negócios e investimentos em Cabo Verde”.

Nessa conferência, em que serão abordados vários assuntos relacionados com negócios e investimentos no arquipélago, a abertura será presidida pelo primeiro-ministro Ulisses Correia e Silva e contará com intervenção do ministro do Turismo e Transportes, Carlos Santos.

O “Turismo Talk – Cabo Verde está a mudar” terá a participação do ministro-adjunto do primeiro-ministro para a Juventude e Desportos, Carlos Monteiro e do ministro do Turismo e Transportes, Carlos Santos.

De 01 a 03 de Março, os dias serão reservados aos encontros entre o ministro do Turismo e Transportes, Carlos Santos, e várias personalidades, assim como encontros e B2B entre os participantes no evento.

A justificação da BTL, promovida pela Fundação AIP, para a escolha de Cabo Verde como país convidado, é a ligação cultural pela lusofonia, um dos elementos “distintivos” e que torna Cabo Verde “cada vez mais atractivo” para os portugueses, sem esquecer da língua comum, os laços históricos e culturais “estreitos que fazem com que os visitantes se sintam em casa, criando uma ligação única com o destino”.

“A participação do arquipélago neste evento reforçará os laços entre Portugal e Cabo Verde, proporcionando aos visitantes uma visão aprofundada dos recursos turísticos que este destino tem para oferecer. Além das praias referenciadas a nível internacional e dos diversos recursos naturais, há um país com alma e cultura para continuar a descobrir”, sublinhou a organização.

Dados recentes do Instituto Nacional de Estatística (INE) revelam que Portugal constitui o segundo maior mercado emissor de turistas para o arquipélago, representando 12,2 por cento (%) das entradas e 12,3% das dormidas no segundo trimestre de 2023.

DR/HF

Inforpress/Fim

Notícias Recentes


19-06-2024 20:22
19-06-2024 19:52
19-06-2024 19:42
19-06-2024 19:30
19-06-2024 19:17