Portugal: ACV aponta respeito da comunidade e das autoridades como um dos principais ganhos da organização (c/áudio)

22-02-2024 17:25

Lisboa, 22 Fev (Inforpress) – A Associação Cabo-verdiana Lisboa (ACV), que este ano completa 54 anos, destacou hoje que ao longo da sua existência, um dos principais ganhos alcançados tem a ver com o respeito conquistado da comunidade e autoridades locais.

Em declarações à Inforpress, em Lisboa, a vice-presidente e presidente em exercício da ACV, Dulcineia Sousa, partilhou vários ganhos alcançados pela associação ao longo dos seus 54 anos de existência, mas destacou um deles.

“O que eu acho que a Associação Cabo-verdiana mais tem ganho é o respeito da comunidade e das autoridades. Sou mais nova que a associação e noto que é muito respeitada aqui na sociedade. Estive em Cabo Verde, na cidade da Praia, há alguns meses, fiquei impressionada ao ver o respeito que as pessoas lá têm pela ACV”, contou.

Dulcineia Sousa enfatizou também a importância desse respeito, ressaltando que “o respeito da sociedade civil e das autoridades só se ganha com trabalho”, apontando para os numerosos diplomas, prémios e distinções que adornam as paredes da associação, testemunhando o reconhecimento pelo seu trabalho “incansável”.

Quando questionada sobre o papel da associação na integração da comunidade cabo-verdiana em Lisboa e em Portugal, a vice-presidente e presidente em exercício destacou a importância da ACV como um ponto de referência cultural e de apoio para os recém-chegados.

“As pessoas aqui na Associação Cabo-verdiana conseguem sentir que estão em casa e que têm uma entidade que os representa e que leva a sua cultura à comunidade local. Nenhum cabo-verdiano chega a Portugal com a sensação de que está num país em que ninguém os conhece, ou à sua música, a sua cultura, os seus princípios e os seus valores”, enfatizou.

Ao abordar o futuro da associação, Dulcineia Sousa frisou o compromisso contínuo com os seus valores e com a comunidade cabo-verdiana, reiterando o compromisso da associação em fornecer um centro de reunião, informação, convívio e recriação para seus associados, além de fortalecer os laços com Cabo Verde.

“Estamos aqui, continuamos aqui ao serviço dos nossos valores, ao serviço dos cabo-verdianos”, afirmou, concluindo com uma mensagem de compromisso e disponibilidade para todos os membros da comunidade e parceiros da associação neste ano de comemoração dos 54 anos.

 

DR/HF

Inforpress/Fim

Notícias Recentes


20-06-2024 8:02
20-06-2024 7:55
19-06-2024 22:59
19-06-2024 22:48
19-06-2024 21:01