Porto Novo: Safra da cana sacarina ameniza desemprego nos principais vales agrícolas do município

06-02-2024 9:13

Porto Novo, 06 Fev (Inforpress) – A colheita da cana sacarina, em curso há mais de um mês em todos os vales agrícolas do município do Porto Novo, está a contribuir para amenizar o problema do desemprego no município.

Os agricultores porto-novenses destacaram hoje o impacto da safra de cana de açúcar na economia local pela “grande quantidade” de empregos que a actividade gera, verificando-se, desde os princípios de Janeiro, uma “grande azáfama” em todos os vales agrícolas do concelho.

Os produtores Arlindo Delgado e João Lima, na Ribeira das Patas, salientam o facto de o “corte de cana sacarina” contribuir para empregar “muitas pessoas” nesse vale agrícola, atenuando o problema de desemprego nesse vale agrícola.

Na Ribeira da Cruz, o produtor agrícola Vanderley Rocha disse à Inforpress que a safra de cana sacarina absorve, nesta altura do ano, toda a mão de obra disponível, havendo mesmo escassez de trabalhadores nesta altura.

Situação idêntica se verifica no Tarrafal de Monte Trigo, onde os agricultores enfrentam também a falta de mão de obra, avançou o produtor Graciano Évora.

Em Chã de Branquinho, a colheita da cana sacarina ocupa “muita gente”, segundo o agricultor Octávio Inocêncio, que perspectiva “um bom ano” a nível de produção do grogue.

Apesar destas dificuldades, a colheita decorre na “normalidade”, perspectivando-se “uma boa produção” do grogue em todos os vales agrícolas, segundo a previsão dos produtores do grogue.

O Governo já manifestou a sua disponibilidade para discutir com os produtores do município do Porto Novo a antecipação da data do início da safra de cana sacarina neste concelho, a partir de 2025.

Os produtores de grogue porto-novenses têm a insistido na necessidade de antecipação do início da safra de cana sacarina no Porto Novo para Dezembro, propondo ao Governo a adequação da lei que regula a produção do grogue em Cabo Verde às características de cada ilha.

O período destinado à safra de cana de açúcar e industrialização do grogue começa a 01 de Janeiro e termina a 31 de Maio, mas, no caso do Porto Novo, os produtores defendem a antecipação da data para 01 de Dezembro, com o argumento de que, nessa altura, a cana sacarina produzida localmente já atingiu a “fase de maturação” por causa do clima.

JM/AA

Inforpress/Fim 

Notícias Recentes


21-06-2024 8:04
21-06-2024 7:51
20-06-2024 22:21
20-06-2024 21:52
20-06-2024 21:37