Porto Novo: Moradores de Alto Mira queixam-se de dificuldades no acesso ao cemitério em Faial

12-02-2024 19:01

Porto Novo, 12 Fev (Inforpress) – Os moradores em Alto Mira, no interior do município do Porto Novo, queixam-se, actualmente, de dificuldades no acesso ao cemitério dessa localidade, que se situa na zona isolada de Faial.

Abordados pela Inforpress, os moradores explicam que o acesso ao cemitério se faz através de um caminho vicinal que oferece poucas condições de circulação e a necessitar, por isso, de trabalhos de requalificação.

As dificuldades são mais sentidas pelos habitantes do primeiro povoado (Dominguinhas), que em determinados sítios são obrigados a amarrar o caixão para poder transpor os obstáculos, tornando-se “difícil” o percurso até chegar à zona de Faial.

O presidente da câmara municipal, Aníbal Fonseca, reconheceu que o acesso ao cemitério de Faial é “difícil e problemático” e pediu a compreensão das pessoas, informando que o acesso só ficará facilitado com a construção da estrada entre o segundo e o primeiro povoados, que passará pela zona de Faial.

O edil porto-novense disse que enquanto não houver estrada, a câmara municipal estará a melhorar o caminho vicinal que devido à grande concentração de animais estão sempre a necessitar de intervenções.

Aníbal Fonseca estima que estrada de acesso a Faial e Dominguinhas deverá custar 500 mil contos pela sua complexidade, podendo ser incluído no próximo pacote financiado pelo Banco Mundial em 2025 ou 2026.

JM/CP

Inforpress/Fim

Notícias Recentes


20-06-2024 16:29
20-06-2024 15:17
20-06-2024 14:52
20-06-2024 14:45
20-06-2024 14:42