Porto Novo: Edil considera “relevante” formação para mulheres candidatas e eleitas nas eleições municipais

29-02-2024 23:19

Porto Novo, 29 Fev (Inforpress) – O presidente da Câmara Municipal do Porto Novo, Aníbal Fonseca, considerou hoje “relevante” a acção de capacitação para as mulheres candidatas e eleitas nas eleições municipais, que decorre neste município santantonense.

A iniciativa, promovida pelo Instituto de Igualdade e Equidade do Género (ICIEG), acontece, segundo o autarca, numa altura em que Cabo Verde regista “avanços significativos” e está a posicionar-se como uma referência em África, após o surgimento da lei da paridade, que estimulou e permitiu uma maior participação das mulheres na vida política.

Aníbal Fonseca, que falava neste primeiro dia da formação, disse que Santo Antão e Porto Novo, em particular, respeitam a lei, citando como exemplo, a eleição de três mulheres para liderar as assembleias municipais nos três concelhos.

No caso específico do Porto Novo, o presidente da câmara municipal explicou que o  número é equivalente a 50 por cento (%) para os dois géneros na ocupação dos cargos de vereação, já a mesa da assembleia municipal é constituída apenas por mulheres, “factos que provam que elas estão preparadas para ocupar qualquer cargo por mérito próprio”, disse.

Esta acção de capacitação, explicou a presidente do ICIEG, Marisa Carvalho, visa estimular “uma maior participação intrapartidária das mulheres e, consequentemente, o aumento da participação das mesmas ao mais alto nível de tomada de decisões local e nacional”.

A formação insere-se no âmbito do projecto “Promover a Participação das Mulheres nos Processos Democráticos”, a cargo do ICIEG, financiado pela Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (AECID).

JM/HF

Inforpress/Fim

Notícias Recentes


17-06-2024 10:59
17-06-2024 10:42
17-06-2024 10:30
17-06-2024 10:27
17-06-2024 8:38