Porto Novo: Construção e requalificação de estradas constituem “sonhos” de muitas comunidades

14-02-2024 15:41

Porto Novo, 14 Fev (Inforpress) – A construção e requalificação de estradas de acesso constituem ainda um “sonho” de muitas comunidades rurais no município do Porto Novo, em Santo Antão, conforme constatou a Inforpress.

Localidades isoladas como Dominguinhas, Faial, Monte Trigo e Pascoal Alves “sonham” com a construção de estradas de acesso, no dizer das respectivas associações comunitárias, que têm estado a insistir na necessidade de se desencravar essas localidades com potencial económico.

Dominguinhas e Faial são duas zonas agrícolas que, segundo o presidente da associação local dos agricultores, Idarlino Fortes, precisam de estradas de acesso para capitalizar o seu potencial agrícola.

Monte Trigo, por ser uma aldeia piscatória, precisa também de uma estrada de acesso, conforme o representante da comunidade, Augusto Miranda, para quem “a estrada deixa muita falta” a essa zona piscatória, que se situa nas proximidades do banco de pesca do Noroeste.

Na zona de Pascoal Alves, os moradores vivem da pecuária e, por isso, têm estado a sonhar com a estrada de acesso para facilitar o escoamento do queijo, que é muito produzido nesse povoado.

Na Ribeira Fria, Chã de Norte, Ribeira dos Bodes, Planalto Norte, Lagoa da Ribeira das Patas, Catano, Manuel Lopes e em Tabuga a aspiração dos moradores tem a ver com a requalificação das respectivas vias de acesso.

O plano de desenvolvimento estratégico horizonte 2030 do município do Porto Novo destaca as estradas para Ribeira dos Bodes, Ribeira Fria, Chã de Norte, Planalto Norte e Lagoa da Ribeira das Patas como as que devem ser priorizadas nos próximos anos.

O Governo já anunciou, para este ano, o arranque das obras de requalificação das estradas para Ribeira dos Bodes e Ribeira Fria no quadro de um pacote de investimentos para o município do Porto Novo, financiado pelo Banco Mundial, que inclui ainda a requalificação do troço Ponta d’Atum – Praia, em Tarrafal de Monte Trigo.

Conforme constatou ainda a Inforpress, os cerca de 50 agricultores em Chã de Norte têm feito, nos últimos anos, uma forte pressão ao Governo no sentido da requalificação da estrada que liga essa zona agrícola e piscatória à Ribeira da Cruz.

O mesmo acontece com a estrada do Planalto Norte, uma zona com muito potencial turístico e cujo acesso é feito através de uma via de terra batida, que está constantemente em mau estado.

Em termos de construção de estrada, a prioridade, segundo o edil do Porto Novo, Aníbal Fonseca, deverá recair em Dominguinhas e Faial, devendo as obras iniciar até 2026, segundo a previsão do autarca, segundo o qual o Governo e a sua autarquia têm “no centro de atenção” a edificação dessa estrada.

JM/HF

Inforpress/Fim 

Notícias Recentes


15-06-2024 22:18
15-06-2024 22:13
15-06-2024 21:40
15-06-2024 22:01
15-06-2024 21:52