PAICV pede soluções urgentes para transportes e defende regresso dos TACV ao mercado doméstico

17-02-2024 15:01

Cidade da Praia, 17 Fev (Inforpress) - O presidente do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV-oposição) exortou hoje o Governo a encontrar soluções urgentes para os transportes interilhas e defendeu o regresso dos TACV ao mercado doméstico.

Rui Semedo, que falava na abertura da reunião do Conselho Nacional iniciada hoje na cidade da Praia, reiterou que desde 2016 houve uma degradação do sistema dos transportes em Cabo Verde, tanto aéreo como marítimo, com diversas respostas que fracassaram.

“Já buscaram tantas respostas para o sistema de transporte. E tantas respostas buscadas é igual a respostas falhadas, porque todas as respostas encontradas para resolver o problema de transporte, designadamente, aéreo, falharam”, disse, pedindo ao Governo que avalie a situação e experimente outras medidas.

 E tendo em conta que já experimentou medidas que falharam pede ao executivo liderado por Ulisses Correia e Silva que tome as medidas para solucionar a situação criada e considere o regresso dos TACV ao mercado doméstico.

Actualmente as ligações interilhas em Cabo Verde são asseguradas pela TICV - Transporte Interilhas de Cabo Verde (Bestfly), que neste momento tem uma única aeronave que por vezes tem apresentados avarias e deixado passageiros em terra.

No espaço de uma semana o avião teve duas paragens com a última avaria a acontecer na passada quinta-feira, 15, na ilha do Sal, tendo a companhia fretado um voo da TACV para levar técnicos para a reparação da aviação que estava com vazamento de combustíveis.

“Neste aspecto dos transportes houve uma degradação drástica e pior nesta história é que temos um Governo e uma maioria que faz propaganda e bondade do sistema actualmente existente, quando há pessoas que não conseguem fazer viagens inter-ilhas porque o país não tem um sistema eficiente regular de transporte”, disse.

Durante a sua alocação Rui Semedo falou ainda da degradação da segurança, das condições de vida e aumento das desigualdades sociais, do desemprego que tem levado muitos jovens a saírem do país em busca de melhores condições.

MJB/CP

Inforpress/fim 

Notícias Recentes


15-06-2024 22:18
15-06-2024 22:13
15-06-2024 21:40
15-06-2024 22:01
15-06-2024 21:52