Óbito: ICIEG e AMES-CD lamentam a morte de Evelyne Figueiredo uma das fundadoras da Morabi

25-02-2024 14:26

Cidade da Praia, 25 Fev (Inforpress) – O ICIEG e a Associação de Mulheres Empresarias de Cabo Verde e Diáspora (AMES-CD) lamentaram hoje a morte de uma das fundadoras da Morabi, Evelyne Figueiredo, ocorrida este sábado, na ilha do Sal.

Segundo uma nota do Instituto Cabo-verdiano de Igualdade e Equidade de Género (ICIEG), Evelyne Figueiredo, uma das fundadoras da Associação de Apoio à Auto-promoção da Mulher no Desenvolvimento (Morabi), contribuiu na dignificação e auto-promoção da mulher cabo-verdiana, tendo endereçado as suas sentidas condolências aos familiares e amigos.

Evelyne Figueiredo, salienta a nota, conduziu os destinos desta organização por mais de 15 anos, dedicando a sua vida em prol da autonomia das mulheres cabo-verdianas, contribuindo para o seu empoderamento económico e aumento de auto-estima, através dos vários programas desenvolvidos pela associação, à qual esteve sempre ligada.

O ICIEG salientou ainda que o contributo dado pela malograda à promoção de igualdade e equidade de género “constitui um legado que nunca será esquecido”.

Por seu turno, a AMES-CD, lamentou o desaparecimento físico repentino da Evelyne Figueiredo, salientando que “partiu uma das mulheres que tanto trabalhou em prol do empoderamento financeiro e económico de tantas outras, na instituição que liderou por mais de quinze anos, a Morabi”.

Evelyne de Mello Figueiredo foi uma mulher que sonhou melhorar a condição de vida das mulheres cabo-verdianas e ao lado de outras mulheres e homens criou e liderou a Morabi-Associação Cabo-verdiana de Auto-Promoção da Mulher.

Em 1991 quando o pequeno grupo encabeçado por ela, fez seu primeiro encontro, o objectivo era apoiar as mulheres que não tinham acesso à educação, serviços básicos de saúde e participação nas actividades sociais, políticas e económicas do país.

Criada em Março de 1992, a Morabi, Associação de Apoio à Auto-promoção da Mulher no Desenvolvimento, completa no próximo mês de Março 32 anos de existência a trabalhar em prol da Auto-Promoção da Mulher Cabo-verdiana através dos programas de Microfinanças, Formação, Saúde Sexual e Reprodutiva.

A referida associação tem como objectivo privilegiar a inserção e a melhoria da posição social da mulher cabo-verdiana, e promover a sua participação no processo de desenvolvimento económico, social e político de sua comunidade e do país.

CM/ZS

Inforpress/Fim.

Notícias Recentes


20-06-2024 14:04
20-06-2024 13:57
20-06-2024 13:36
20-06-2024 13:33
20-06-2024 13:32