Ilha do Sal: Presidente da JPAI preocupado com número de reclusos jovens na cadeia central do Sal

13-03-2024 16:54

Espargos, 13 Mar (Inforpress) – O presidente da Juventude do PAICV (JPAI), Fidel Cardoso de Pina, mostrou-se hoje preocupado com o número de reclusos da cadeia central do Sal, sendo que os jovens constituem 75% da população carcerária.

Fidel Cardoso de Pina fez essa observação à imprensa, depois de uma visita realizada a essa instalação prisional, no âmbito da sua visita de quatro dias à ilha do Sal.

“Esta visita à cadeia do Sal é parte da nossa agenda de visita à ilha, já que a nível nacional temos uma situação que é bastante preocupante, com mais de 2.200 reclusos a nível nacional, com uma incidência juvenil à volta dos 75% e aqui na cadeia do Sal não é diferente”, sublinhou.

“Preocupa-nos o facto de os jovens serem a grande fatia do bolo dos reclusos aqui desta cadeia, o que significa que algo está a falhar, nomeadamente as políticas públicas para a juventude, como formação, emprego e outros incentivos para os jovens cabo-verdianos”, acrescentou o também deputado nacional.

Por isso, segundo a mesma fonte, o objectivo da visita é no sentido de constatar, “in loco”, as medidas tomadas por esta estrutura prisional visando trabalhar a reinserção social.

“O nosso apelo neste sentido é que seja um trabalho preventivo, porque não podemos continuar a desperdiçar a juventude cabo-verdiana no nosso sistema prisional”.

“Portanto essa nossa visita visa colher informações e sugerir algumas medidas de políticas ao Governo, por forma a reduzir a alta taxa de reincidência criminal que afecta de grande modo o país, mas sobretudo reduzir o número de jovens que continuam a ocupar as cadeias em Cabo Verde”, reiterou Fidel de Pina.

O líder da juventude tambarina, acredita ainda que a “precaridade laboral e habitacional, a falta de políticas alternativas para os jovens tem contribuído também para a fuga de cérebros cabo-verdianos para a emigração assim como tantos outros que enveredam no mundo da criminalidade”, concluiu.

Neste momento a cadeia central do Sal tem uma população de 269 reclusos, sendo 93% do sexo masculino, numa faixa etária de 35 anos em média.

Da agenda do presidente da JPAI ao Sal, constam encontros de trabalho com jovens, instituições e forças vivas da ilha, sobre a empregabilidade condigna, reintegração social e desemprego jovem.

Destacam-se ainda visitas ao Instituto Cabo-verdiano da Criança e do Adolescente (ICCA), Centro de Emergência Infantil, Sal Academy, Inspecção Geral do Trabalho, além de visitas a Palmeira, Santa Maria e outras comunidades e bairros da ilha.

NA/HF

Inforpress/Fim

Notícias Recentes


15-06-2024 22:18
15-06-2024 22:13
15-06-2024 21:40
15-06-2024 22:01
15-06-2024 21:52