Governo quer colher experiência das Canárias nos sectores do turismo e conectividade

02-02-2024 22:45

Espargos, 02 Fev (Inforpress) - O ministro do Turismo e Transportes, Carlos Santos, recebeu hoje no Sal uma delegação do governo das Canárias para partilhar e colher experiência a nível dos sectores do turismo e conectividade inter-ilhas para garantir mobilidade dos cabo-verdianos.

A questão do transporte e o desafio da conectividade inter-ilhas é um dos elementos condicionantes para o desenvolvimento do turismo, por isso o ministro do Turismo e Transportes, Carlos Santos quer beber da experiência de Canárias e fazer valer também em Cabo Verde.

A visita da delegação do governo das Canárias vem na sequência de uma outra que o ministro Carlos Santos efectuou recentemente àquele país, em que os principais assuntos prendem-se com a interconectividade entre os dois arquipélagos e a transferência de conhecimentos tendo em conta que as Canárias já têm uma experiência “muito grande” a nível daquilo que é a obrigação de serviço público.

Durante o encontro de cerca de 50 minutos, foram abordadas várias matérias consideradas importantes, nomeadamente a retoma da Cimeira Canárias/Cabo Verde para o mês de Junho deste ano de 2024, onde os temas mais importantes são o turismo e o transporte.

Igualmente, outros projectos e programas conjuntos com o Fundo Europeu, que tem a ver, precisamente, com a mobilidade, conectividade, especialmente entre Canárias e Cabo Verde.

Para o ministro Carlos Santos esta visita representa um “passo importante” no reforço das relações entre os dois arquipélagos, tendo em conta que com a pandemia da covid-19 essas relações foram um “pouco esfriadas”, dada à “incapacidade” de mobilidade entre os dois arquipélagos.

“A transferência de conhecimentos, tendo em conta que Canárias já tem uma experiência muito grande a nível daquilo que é a obrigação de serviço público, uma matéria que estamos a iniciar a sua devida implementação (…).Também trabalhar com o senhor conselheiro sobre o projecto Interreg”, apontou.

Um projecto, conforme explicou, com financiamento da União Europeia e que deverá ter a sua continuidade com novos outros projectos, designadamente na interconectividade entre os quatro arquipélagos da Macaronésia.

O governante concluiu reiterando que com essa visita está-se a retomar as “boas relações” com o arquipélago que já tem uma experiência “muito intensa” em dois sectores importantes, isto é, o turismo e os transportes.

Carlos Santos finaliza afiançando que os próximos passos a serem dados vão no sentido de como é que o governo poderá garantir essa conectividade e a mobilidade dos cabo-verdianos.

“E julgo que estamos no caminho certo para essa implementação”, anteviu.
Por seu lado, seguindo também pelo mesmo diapasão, o conselheiro de Obras Públicas, Habitação e Mobilidade do governo de Canárias, Pablo Rodrígues, realçou a importância de se melhorar a conectividade entre as ilhas do país, assim como entre Canárias e Cabo Verde.

“Foram dois assuntos que mais tempo nos levou nesse encontro com o ministro e a delegação de Canárias”, frisou aquele governante almejando ver esta conectividade melhorada.

Nesta base, instado a pronunciar-se sobre a possibilidade do regresso dos voos da Binter a Cabo Verde, Pablo Rodrígues confessa não saber se será possível esse retorno, defendendo, porém, a obrigação de um serviço público de transportes aéreos que garanta a conectividade entre as ilhas, independentemente se for a Binter ou outra companhia, desde que permita aos nacionais viajarem de forma cômoda, frequente e barata/económica.

SC/JMV
Inforpress/Fim
 

Notícias Recentes


21-06-2024 8:04
21-06-2024 7:51
20-06-2024 22:21
20-06-2024 21:52
20-06-2024 21:37