Governo lança processo de privatização de 61% das acções da CV Handling

20-02-2024 20:46

Cidade da Praia, 20 Fev (Inforpress) – O Governo procedeu hoje ao lançamento do processo de privatização dos 61 por cento (%)  que detinha na Cabo Verde Handling,  (%) dos quais 51% é destinado ao parceiro estratégico e 10% aos trabalhadores da empresa e cabo-verdianos na diáspora.

O coordenador da Unidade de Acompanhamento do Sector Empresarial do Estado (UASE), Sandeney Fernandes, avançou hoje, durante o acto de lançamento ocorrido hoje  na cidade ade da Praia, que todo o processo, mormente relatórios e contas associadas à venda estão disponibilizados no portal do Ministério das Finanças.

Conforme adiantou, o processo leva em conta, além do valor proposto pelo parceiro estratégico, outros elementos, como avaliação dos activos da empresa e as perspectivas de futuro.

Esta fase, revelou, é destinada a pré-qualificação e manifestação de interesse, ou seja, conhecer os potenciais investidores, fazer a avaliação documental e garantir que todo o processo esteja a ser seguido dentro do quadro legal apresentado.

“Com este acto de lançamento público, estaremos a fazer a publicação do último anúncio na sexta feira, depois teremos 30 dias para receber a manifestação de interesse. Temos uma estimativa de seis meses para concluir o processo ", asseverou.

Para a diáspora, precisou, o quadro legal da privatização determina que até 10% da capital social da CV Handling se destina aos trabalhadores e emigrantes, e 5% aos trabalhadores, sublinhando que o processo será feito de forma sequencial.

“No valor que ficar concluído agora com os parceiros estratégicos, os trabalhadores e os imigrantes podem ter a possibilidade de conseguir um desconto até 15% do valor” anunciou, realçando que caso a procura exceda a oferta, será feito rastreio para os que subscreveram para adquirir as acções.

O vice-primeiro-ministro e ministro das Finanças e Fomento Empresarial, Olavo Correia, presente no acto, frisou que a privatização da CV Handling enquadra-se nas reformas para captar investimentos privados, aumentar o crescimento interno e criar as condições para produzir emprego em Cabo Verde.

Na visão do governante, é fundamental continuar a investir para ter um sector privado mais forte e competitivo, capaz de produzir, expor e inovar, criando mais oportunidades para os jovens.

“Por isso, temos estado com esta agenda de privatização e concessões e desta vez é da Cabo Verde Handling. Uma empresa importante para a economia de Cabo Verde, a visão para o país de criar um serviço público de transportes aéreos e sobretudo de criar uma zona especial da economia área ancorada no hub aéreo da ilha do Sal que deverá desenvolver negócios, contribuindo para o mercado aéreo” , avançou.

A CV Handling, criada em 2014, constitui a única operadora licenciada para a prestação de serviços de assistência ao transporte aéreo, mantendo a exclusividade até que cada aeroporto atinja um movimento igual ou superior a dois milhões de passageiros embarcados ou 25 mil toneladas de carga.
 
LT/JMV
Inforpress/Fim

Notícias Recentes


17-06-2024 8:38
17-06-2024 8:07
17-06-2024 7:47
16-06-2024 19:33
16-06-2024 16:12