Governo anuncia Banco Digital para financiamento de investimentos de jovens e mulheres

09-03-2024 22:37

Cidade da Praia, 09 Mar. (Inforpress) – O vice-primeiro-ministro e ministro das Finanças, Olavo Correia, anunciou hoje, no final da 1ª Cimeira do Investimento e Financiamento Jovem, a criação de um banco digital para o financiamento de investimentos dos jovens e das mulheres.

Olavo Correia adiantou que a intenção do executivo é de reduzir a burocracia e garantir uma rapidez no processo decisório para que mais jovens possam ter acesso ao financiamento, aceder à formação, tenham kits de primeiro emprego, possam iniciar com uma startup, e poder criar empregos para si e para os outros.

“Com o banco que nós estamos a criar, um banco digital, em parceria com o sistema financeiro, mas também com o ecossistema, vamos encurtar o processo decisório, vamos aumentar o volume de garantias e aumentar o volume de recursos para apoiar os jovens em seus projectos com financiamentos”, disse em conversa com os jornalistas momento antes do encerramento da Cimeira.

Olavo Correia acredita que com mais financiamento vai ser possível conseguir mais escala, mais velocidade, mais rapidez, mas, sobretudo, maior impacto do ponto de vista da criação de empregos qualificados e bem remunerados para os jovens cabo-verdianos.

O governante, que falava aos jornalistas momento antes de encerrar o evento fez um balanço positivo da 1ª Cimeira de Investimento e Financiamento Jovem e anunciou a sua internacionalização com sua abertura para a região da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) e outros países do continente africano que queiram divulgar a sua experiência em matéria de empreendedorismo.

“Esta cimeira permitiu-nos ver que Cabo Verde tem jovens empreendedores em todas as ilhas de Cabo Verde e que estão a empreender em todos os domínios da actividade económica designadamente na economia digital, na economia azul, no turismo, no comércio, na indústria, nas indústrias criativas, na economia de conhecimento, na economia social”, apontou.

Conforme realçou são jovens com ambição e que querem fazer mais, pelo que considera que é obrigação do Governo criar as condições para que esses jovens possam ser grandes e possam fazer coisas grandes por Cabo Verde.

“E essa cimeira ajudou, primeiro, a promover a confiança em como temos jovens empreendedores em todos os dias de Cabo Verde, mas também nos permitiu identificar alguns nichos em termos de edificações, qualidades e desafios que nós temos para vencer”, acrescentou.

A Cimeira, que nesta primeira edição reuniu jovens empreendedores de todas as ilhas do país, é para continuar nos próximos anos, garantiu o vice-primeiro-ministro. 

“Todos os anos vamos organizar uma cimeira para o investimento e para o financiamento para os jovens e para as mulheres, também numa perspectiva, cada vez mais internacional, não só em relação à CPLP, em primeiro lugar, mas também abrindo a demais países do continente africano que podem querer participar nesta grande cimeira de investimento e financiamento para os jovens e para as mulheres”, realçou.

Sob o lema “Criar oportunidades e Conectar futuros” a Cimeira que decorreu de 07 a 09 de Março nas instalações da FIC, na cidade da Praia contou com a participação de jovens líderes, jovens empreendedores e empresários, representantes das organizações não-governamentais, das agremiações empresariais e estudantes universitários e promotores de iniciativa para jovens de todas as ilhas do país.

Para além do espaço reservado às conferências para disseminação de informações e conhecimentos, contando com a partilha de experiências internacionais nomeadamente do Brasil e Portugal, a Cimeira para exposição de produtos e serviços inovadores de empresas e startups e uma oficina do empreendedor.

MJB/ZS

Inforpress/fim

Notícias Recentes


21-06-2024 22:18
21-06-2024 20:26
21-06-2024 20:23
21-06-2024 20:12
21-06-2024 19:35