Fogo: “Troca de experiência permite explorar e identificar possíveis áreas e campos de colaboração entre as reservas” – Projecto Vitó

14-03-2024 9:13

São Filipe, 14 Mar (Inforpress) – O director executivo da Associação Projecto Vitó disse que a troca de experiência que o II Encontro da Rede das Reservas da Biosfera da CPLP proporciona permite explorar e identificar possíveis áreas de colaboração entre as reservas.

Herculano Dinis, responsável da ONG “braço técnico” na implementação da Reserva da Biosfera do Fogo, destacou a importância desta troca de experiência no primeiro dia de missão de campo, com deslocação ao Parque Natural do Fogo, Chã das Caldeiras e Bordeira.

“Esta missão de campo permite as reservas dos cinco países da CPLP, juntamente com Cabo Verde, explorar e identificar possíveis áreas e campos de colaboração”, reiterou Herculano Dinis.

A mesma fonte indicou que com Açores, por exemplo, devido às similitudes, poderá estabelecer colaboração na área de geologia e na parte dos produtos derivados das reservas, acrescentando que com o Brasil existem também muitas similitudes.

A missão de campo, assim como a missão técnica e dos trabalhos técnicos está a permitir conversas, intercâmbios, ideias e possibilidades de colaboração futura entre as Reservas da Biosfera e, inclusive, alguns projectos podem vir a ser desenvolvidos em conjunto.

Herculano Dinis salientou que na reunião foi analisada a questão da estratégia e da sustentabilidade da Rede das Reservas da Biosfera da CPLP e que se está a trabalhar na perspectiva de colaboração e tentar conseguir projectos e identificar oportunidades.

Para o Projecto Vitó, enquanto organização não-governamental que trabalha dentro da Reserva, os três dias de trabalho abriram possibilidades para formar várias oportunidades de colaboração, capacitação técnica, troca de experiências e intercâmbios.

As possibilidades abrangem ainda  a investigação científica e colaborações de forma mais permanente entre as várias reservas que integram a Rede, quer as reservas de Portugal, mas também e “fundamentalmente” com as de África, São Tomé e Príncipe, Guiné Bissau e Moçambique onde foram identificadas várias possibilidades de trabalhos que podem ser desenvolvidos conjuntamente.

Hoje, os participantes no II Encontro da Rede de Reservas da Biosfera da Unesco na Comunidade dos Povos da Língua Portuguesa (CPLP) prosseguem a visita de terreno com deslocação à Estância Balnear de Salinas e à praia de Fonte Bila, a principal praia balnear da ilha e de nidificação de tartarugas marinhas.

O acto de encerramento do II Encontro da Rede CPLP MaB está agendado para sexta-feira, 15, e será presidido pelo secretário de Estado-adjunto da Ministra da Saúde, Evandro Monteiro, em representação do Governo.

JR/AA

Inforpress/Fim

Notícias Recentes


19-06-2024 19:52
19-06-2024 19:42
19-06-2024 19:30
19-06-2024 19:17
19-06-2024 19:02