Fogo: Reabertura da USB de Campanas de Cima depende da cedência de espaço e do agente sanitário – vereadora

24-02-2024 10:03

São Filipe, 24 Fev (Inforpress) – A reabertura da Unidade Sanitária de Base (USB) encerrada em 2016 com a emigração do agente sanitário para os Estados Unidos da América está a depender da cedência de espaço e disponibilidade de agente sanitário.

A população de Campanas de Cima tem apelado sistematicamente às autoridades sanitárias e municipais para a reabertura da USB, através da reabilitação da estrutura existente e a reposição do agente sanitário.

A vereadora de Acção Social, Saúde e Habitação, Vanilda Correia, disse à Inforpress que a actual equipa encontrou a estrutura inoperacional e que ainda continua a não funcionar porque não há agente sanitário e o espaço onde funcionava não dispõe de condições para a reabertura da USB.

“Estamos em negociação com a Igreja Católica para cedência do espaço na parte inferior da igreja de Campanas de Cima para o funcionamento da USB, mas ainda não há uma decisão e confirmação da cedência do espaço”, disse a vereadora, salientando que o espaço antigo onde funcionava USB não tinha acesso para pessoas idosas e de portadores de deficiência e nem as con dições mínimas para funcionar como tal.

Para a população de Campanas de Cima o funcionamento da USB é indispensável para a prestação de cuidados básicos de saúde, sobretudo numa altura em que a mesma comunidade ganhará nova dinâmica e desenvolvimento com a conclusão da construção do troço de estrada Piorno/Campanas de Cima, o que irá revolucionar os percursos turísticos da ilha, passando o acesso a Chã das Caldeiras a ser feita via norte, passando por esta localidade.

JR/JMV

Inforpress/Fim

 

Notícias Recentes


16-06-2024 6:33
16-06-2024 6:26
16-06-2024 6:17
16-06-2024 5:55
15-06-2024 22:18