Dia Mundial da Rádio: Dar as Mãos a Tarrafal de Monte Trigo desiste do projecto de criação de uma rádio comunitária

13-02-2024 14:12

Porto Novo, 13 Fev (Inforpress) – A Associação Dar as Mãos a Tarrafal de Monte Trigo desistiu do projecto de criação de uma rádio comunitária nessa localidade do interior do município do Porto Novo, informou hoje o representante desta associação.

Jailson Carvalho disse à Inforpress que a desistência teve a ver com o facto de um dos principais impulsionadores do projecto ter falecido, acabando por levar a Associação Dar as Mãos a Tarrafal de Monte Trigo a desistir do projecto, que foi idealizado a partir de uma necessidade de tirar essa zona do isolamento.

Também, a associação juvenil porto-novense Young Talent tinha em carteira a criação de uma rádio comunitária na cidade do Porto Novo no âmbito do projecto Juventude e Mudanças Climáticas, financiado pelo Programa das Pequenas Subvenções do Fundo Mundial para o Ambiente (GEF SGP), que acabou por não ser concretizada.

Teodoro Graça, presidente desta associação, explicou à Inforpress que Young Talent acabou por obter todos os documentos com vista à criação da rádio mas, devido ao custo, que ultrapassou o valor orçamentado inicialmente, esta associação, por sugestão do próprio financiador, optou pela criação de um espaço virtual na Internet.

Trata-se do canal Young Talent TV no Youtube para divulgação de temas relacionados com as mudanças climáticas.

Uma vez que Young Talent dispõe ainda do processo organizado, Teodoro Graça informou que o projecto de criação da rádio comunitária continua nos planos desta organização, que está à procura do financiamento para tal.

Entretanto, a Inforpress soube que o Governo autorizou, já alguns anos, três associações no concelho do Porto Novo a avançarem com a criação de “rádios comunitárias online” no quadro de um projecto que envolveu a região autónoma da Madeira, com financiamento da União Europeia.

Uma dessas associações, as quais chegaram a obter as licenças provisórias, foi a Amupal (Associação das Mulheres do Planalto Leste) com sede em Águas das Caldeiras, confirmou a presidente desta organização, Josefa Sousa.

“A rádio online está montada em Águas das Caldeiras, mas nunca chegou a funcionar devido ao deficiente sinal da internet”, explicou Josefa Sousa, informando que as outras duas rádios online instaladas na Ribeira da Cruz e em Monte Trigo também não funcionam pelos mesmos motivos.  

No caso da Amupal, esta associação “cansou-se” de pedir à Cabo Verde Telecom a melhoria do sinal no Planalto Leste, mas o pedido não foi ainda atendido, segundo aquela responsável.

JM/ZS

Inforpress/Fim

Notícias Recentes


21-06-2024 22:18
21-06-2024 20:26
21-06-2024 20:23
21-06-2024 20:12
21-06-2024 19:35