Carnaval: Desfile oficial em Santa Catarina com apenas o grupo Marinha Fidjus de RB de Ribeira da Barca  

12-02-2024 14:00

Assomada, 12 Fev (Inforpress) – O município de Santa Catarina (Santiago), que no desfile de Carnaval em 2023 contou com participação de dois grupos oficiais, vai este ano contar com apenas um, o grupo carnavalesco de Ribeira da Barca, Marinha Fidjus di RB.

A confirmação foi feita à Inforpress pelo director da Cultura da Câmara Municipal de Santa Catarina, Sidney Martins, sem, no entanto, avançar os motivos que levou o Flores de Assomada, da cidade de Assomada, a não desfilar este ano na Festa do Rei Momo.

Daí, segundo ele, na terça-feira de Carnaval só o grupo oficial de Ribeira da Barca, que vai desfilar sob a responsabilidade do Núcleo da Cruz Vermelha de Ribeira da Barca, vai levar “muita cor, alegria e folia”, retratando o tema “escravatura”, a partir das 15:00.

O desfile sai do Liceu Amílcar Cabral e percorre várias artérias da cidade de Assomada, nomeadamente Avenida Liberdade, Portãozinho, São Bento e Praça Central, onde o grupo vai contar com quatro alas e uma média de 60 figurantes.

Relativamente aos incentivos, informou que o município liderado por Jassira Monteiro disponibilizou cerca de 600 mil escudos para a realização do Carnaval no concelho, que foi repartido para o grupo oficial, 400 contos, e demais aos jardins infantis e agrupamentos escolares.

Conforme explicou dos 600 mil escudos, 200 foi o incentivo atribuído pelo Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas.

Em Santiago Norte o pontapé de saída do Carnaval foi dado sexta-feira, 09, pelas crianças dos jardins infantis e dos agrupamentos escolares dos seis concelhos que compõem a região.

Para terça-feira do Carnaval, em São Lourenço dos Órgãos, o desfile que vai contar com apenas uma agremiação, o Grupo Maravilhas dos Órgãos,  está previsto principiar às 14:00 no percurso Rua São Jorge/Ramal de São Jorge/Mercado.

Também em São Miguel, o desfile que vai contar apenas o grupo Aja Pizara, que vai percorrer as principais artérias da cidade de Calheta, a partir das 15:00.

No Tarrafal, a saída está aprazada para as 14:00 e vai contar com participação dos grupos Escola Ex-EBC, Scorpion, de Ponta Lagoa, Raios de Sol, de Chão Bom, e Mandingas, de Ponta Gato, e culmina com trio electrico, no largo Hotel Tarrafal, a partir das 20:00.

No município de São Salvador do Mundo, onde há competições os três grupos oficiais, Achada Igreja, Achada Leitão e Leitão Grande vão descer às ruas da cidade de Achada Igreja, a partir das 15:00, para disputarem os prémios de 50, 30 e 20 contos.

À semelhança do ano anterior haverá prémios individuais de cinco mil escudos para melhor rei e rainha, melhor porta-bandeira, melhor mestre-sala, melhor rainha de bateria e melhor andor, e três mil escudos para o melhor folião.

Com excepção de São Salvador do Mundo, nos demais cincos concelhos, Santa Catarina, Santa Cruz, São Miguel, São Lourenço dos Órgãos e Tarrafal, os produtos indispensáveis para a confecção do almoço de Cinzas, uma tradição que está enraizada na ilha de Santiago, vão estar à disposição da população da região Norte em mais uma edição da “Feira de Cinzas”.

Quem for à procura vai encontrar peixe seco, couve, batata (doce e comum), mandioca, cenoura, xerém, mel, coco, cuscuz e feijão seco para “trutxida”, entre outros.

Para além da ilha de Santiago, onde a população quer manter viva esta manifestação cultural, as Cinzas são também festejadas de forma assinalável nas ilhas do Maio, Fogo e Brava. 

À semelhança das outras festas de romaria ou manifestação cultural, conforme constatou a Inforpress, apesar de não haver um “plano operacional” conjunto do Carnaval e Cinzas, a Polícia Nacional (PN) encontra-se no terreno para garantir a segurança das pessoas durante este período festivo nos seis municípios que compõem a região.

FM/AA

Inforpress/Fim

Notícias Recentes


17-06-2024 11:11
17-06-2024 10:59
17-06-2024 10:42
17-06-2024 10:30
17-06-2024 10:27