Câmara Municipal da Praia inaugura nova linha de autocarro Vila Esperança-Plateau

27-02-2024 14:00

Cidade da Praia, 27 Fev (Inforpress) –  A Câmara Municipal da Praia inaugurou hoje, na Cidade da Praia, a nova linha de autocarro com percurso Vila Esperança-Plateau-Vila Esperança, passando agora toda a zona a estar coberta com o transporte público.

Na cerimónia de inauguração, o presidente da autarquia praiense, Francisco Carvalho, disse que se trata de satisfazer uma reivindicação dos moradores de diversos bairros na Cidade da Praia, realçando que a linha 19 da Vila Esperança permite maior interacção com as restantes zonas da capital.

O edil fez saber dos custos da produção ao adicionar uma linha de autocarro, destacando a importância de apostar no sector para melhorar as condições dos transportes em Cabo Verde.

“Para nós é importante a abertura desta linha, em reunião com a associação assumimos como desafio. A política real é isso: resolver os problemas das pessoas dentro de um quadro de tremendo sufoco”, pontuou Carvalho, frisando o envolvimento dos parceiros na concretização dos projectos da câmara municipal.

O administrador da Sol Atlântico, Henrique Duarte, avançou que desde 2010 foi aumentado exponencialmente a frota de autocarros de 15 para 94, com a inauguração de oito linhas, acompanhado o desenvolvimento e expansão da Praia.

Adiantou que foram introduzidos sistemas eficazes de controlo como a informatização da frota com validação de passe e cartão pré-pago, estando neste momento em curso a massificação dos cartões pré-pago tendo em vista a extinção dos bilhetes avulsos que são adquiridos directamente no condutor.

“No nosso dia a dia enfrentamos enormes dificuldades, como a questão da concorrência desleal dos hiaces e chamados “clã” (de clandestino), que a manter-se poderá, a médio prazo, comprometer a aprovação permanente da frota ou até mesmo pôr em causa a sustentabilidade da empresa”, acrescentou, lamentando a falta de segurança aos utentes e profissionais da empresa.

Com a lei da mobilidade e facilitação de entrada no território português, lamentou o facto de uma centena de motoristas terem abandonado a empresa, alertando que a Sol Atlântico corre o risco de não conseguir preencher as vagas por falta de pessoal qualificado, ou seja, sem carteira de aptidão profissional que leva pelo menos três meses a ser obtido.

O presidente da Associação dos Moradores da Vila Esperança, José Lopes Tavares, felicitou a primeira linha de autocarro, asseverando que o “simples acto” tem grande significado para os moradores que, há muito tempo, anseiam por este momento que se encontrava previsto para início do novo ano lectivo.

“A Vila Esperança enquanto bairro em franco crescimento e localizado distante do centro da Cidade da Praia, a inauguração desta linha já se justificava, não só pelos nossos filhos que têm a necessidade de se deslocar às escolas, mas para aqueles que também trabalham”, precisou.

LT/HF

Inforpress/Fim

Notícias Recentes


19-06-2024 19:30
19-06-2024 19:17
19-06-2024 19:02
19-06-2024 18:59
19-06-2024 18:11