Brava: Tribunal da Brava decreta três anos e 11 meses de prisão a um indivíduo acusado de crime de invasão a domicílio

07-03-2024 12:34

Nova Sintra, 07 Mar (Inforpress) – O Tribunal da Comarca da Brava condenou hoje, a três anos e onze meses de prisão, um individuo do sexo masculino, de 36 anos de idade, acusado de crimes de invasão de domicilio, ameaça e maus tratos a ascendentes.

Esta informação foi avançada à Inforpress, por uma fonte policial, explicando que o indivíduo foi detido em flagrante delito e posteriormente apresentado ao tribunal, tendo sido julgado sumariamente e aplicada a pena de três anos e onze meses de prisão.

No entanto, também foram detidos e apresentados ao tribunal dois indivíduos, de 40 e 29 anos de idades, acusados da pratica de um crime de furto qualificado.

Os dois indivíduos que residem na localidade de Figueira Grande foram apresentados hoje ao Tribunal da Comarca da Brava, para o primeiro interrogatório judicial e aplicação de medidas de coacção.

Segundo a mesma fonte, foram apresentados ao tribunal e, a um dos acusados, foi aplicada “a medida de coação mais gravosa, prisão preventiva, que se revela necessária, adequada, suficiente e proporcional ao caso” e o outro recebeu a interdição de saída e permanência na ilha Brava.

Os detidos se encontram na Esquadra da Brava aguardando condução à cadeia Civil na ilha do Fogo.

A Polícia Nacional pede tranquilidade da população e encoraja a denúncia dos mesmos, sempre que houver casos do tipo e não só.

DM/HF

Inforpress/Fim

Notícias Recentes


21-06-2024 22:18
21-06-2024 20:26
21-06-2024 20:23
21-06-2024 20:12
21-06-2024 19:35