Brava: Membros da Fundação Maio Biodiversidade e da Associação Biflores promovem intercâmbio (c/áudio)

14-03-2024 12:20

Nova Sintra, 14 Mar (Inforpress) –  A membro da Fundação Maio Biodiversidade Hélia dos Reis disse hoje, na Brava, que a fundação vai participar de uma formação de mitigação e impacto da pastoria livre, ministrado pela Associação Biflores, com intuito de “beber mais experiências”.

A mesma fonte salientou que a equipa se encontra de vista à ilha Brava para um intercâmbio com a Associação Biflores, tendo em conta que na ilha do Maio existe muita pastoria livre.

“Trabalhamos muito com as plantas e o objectivo é adquirir informações e depois ir fazer mais sensibilização junto da população do Maio”, declarou Hélio dos Reis, que quer falar com os pastores, informar da existência de vários tipos de plantação.

“Caso os criadores não tenham conhecimento, acabam por deixar os seus animais consumirem estas plantas”, reforçou.

Segundo a mesma fonte, a fundação pretende sensibilizar e ajudar os criadores a terem os seus próprios currais, tendo em conta que os animais soltos muitas vezes comem plantas endémicas, sem que mesmo os pastores saibam a importância das mesmas.

“Por isso é bom fazer sempre a sensibilização, juntamente com os criadores, mostrando-lhes a importância das plantas endémicas e apresentar-lhes outros tipos de plantas, que também servem para a alimentação saudável dos animais”, finalizou.

 

DM/AA

Inforpress/Fim

Notícias Recentes


19-06-2024 19:30
19-06-2024 19:17
19-06-2024 19:02
19-06-2024 18:59
19-06-2024 18:11