Brava: 23 formandos concluem formação de capacitação em educação financeira

03-02-2024 11:54

Nova Sintra, 03 Fev (Inforpress) - Um grupo de 23 pessoas beneficiárias do programa sobre a inclusão produtiva, em Nova Sintra, Brava, concluiu, na sexta-feira, uma acção de formação em educação financeira, promovida pelo Ministério da Família, Inclusão e Desenvolvimento Social.

A formação, que teve a duração de cerca de duas semanas, insere-se no âmbito do programa sobre inclusão produtiva e teve como objectivo diminuir o desemprego e fazer com que os beneficiários possam receber ferramentas importantes, através da formação e ter uma total autonomia financeira.

Em declarações à Inforpress, a formadora Ana Pires salientou que a acção formativa decorreu na tranquilidade e que a mensagem foi passada, porém, de agora em diante, acredita que os formandos irão gerir os seus negócios “muito bem”, se seguirem a metodologia que lhes foi ensinado.

“São 23 alunos, todos obtiveram resultados satisfatórios e cada um tem o seu projecto, que considero ser ambicioso, mas espero que terão grandes resultados”, sublinhou.

Os formandos vão receber uma quantia de 40 mil escudos para iniciarem o seu negócio, todavia, ao decorrer do tempo serão acompanhados, por responsáveis da Organização das Mulheres de Cabo Verde (OMCV), para se ter a certeza que, de facto, o negócio anda bem.

“Durante dez meses estas pessoas também receberão um subsídio mensal de 5.500 escudos, para ajudar nas despesas do dia a dia”, informou.

Por sua vez o formando Jorge Vieira Rodrigues agradeceu a oportunidade e garantiu que o aprendizado foi “muito importante”, tendo em conta que a partir de agora estão preparados para gerir qualquer tipo de negócio.

“Neste exacto momento a minha ideia é abrir um negócio de construção de blocos oval, tendo em conta que na Brava, não existe este tipo de negócio e o objectivo é construir e vender este produto”, finalizou.

O CEFP assinou, recentemente, uma minuta de negociação e um memorando de entendimento com o Governo, através da Unidade de Gestão de Projectos Especiais (UGPE) no montante de 6.800 contos para a promoção de acções de formação em empreendedorismo, nomeadamente a educação financeira, ‘Get Ahead’ e outras áreas específicas

DM/CP

Inforpress/Fim

Notícias Recentes


20-06-2024 22:21
20-06-2024 21:52
20-06-2024 21:37
20-06-2024 21:14
20-06-2024 20:57