Autárquicas 2024: PAICV tem “ambição clara” de vencer todas as câmaras municipais da região Santiago Norte (c/áudio)

25-02-2024 22:55

 

Assomada, 25 Fev (Inforpress) – A presidente da Comissão Política Regional (CPR) do PAICV em Santiago Norte, Carla Carvalho, disse hoje que o partido tem a “ambição clara” de conquistar todas as seis câmaras municipais da região nas eleições autárquicas deste ano.

“Mantemos a meta de vencer todas as câmaras municipais da região nas eleições autárquicas deste ano e estamos a trabalhar para ganhá-las”, afirmou Carla Carvalho, em declarações aos jornalistas, em Assomada, Santa Catarina, à margem da Assembleia Regional do partido em Santiago Norte, sob o lema “PAICV unido e forte para vencer Santiago Norte”.

Para ela, tal objectivo é possível tendo em conta que a avaliação das câmaras municipais geridas pelo MpD na região Santiago Norte, nomeadamente São Miguel, São Salvador do Mundo, São Lourenço dos Órgãos e Santa Catarina é negativa, acrescentando que esta avaliação não é só do PAICV, mas também de toda a sociedade civil.

Nesse sentido, assegurou que o PAICV que vai manter a aposta nos dois actuais autarcas José dos Reis (Tarrafal), e Carlos Silva (Santa Cruz) e que já tem a lista fechada dos demais nomes dos cabeças de lista aos órgãos autárquicos, nomeadamente Santa Catarina, São Lourenço dos Órgãos, São Miguel e São Salvador do Mundo, tem todas as condições para ser maior partido autárquico seja em Santiago Norte, seja a nível nacional.

Sem confirmar nomes ventilados para os demais municípios como Armindo Freitas (Santa Catarina), João Alberto (São Salvador do Mundo), Euclides Cabral (São Lourenço dos Órgãos) e Sílvio Tavares (São Miguel), Carla Carvalho limitou-se em afirmar que estes nomes têm todas as condições para ajudar o partido a ser alternativa credível na região Santiago Norte.

Na ocasião, a política disse acreditar que assim como o PAICV venceu no Tarrafal, após 28 anos, poderá repetir o mesmo feito em São Miguel, após 27 anos da governação do Movimento para a Democracia (MpD), nas eleições autárquicas de 2024.

Em São Miguel, a também deputada nacional lembrou que o actual chefe do executivo, Herménio Fernandes, está a “fazer uma governação de represálias e está a usar poder de Estado para abusar de munícipes”.

“Acreditamos que, com o trabalho que temos feito e com os resultados obtidos até agora, vamos ser maior partido autárquico seja na região, ganhando todas as câmaras e seja a nível nacional”, insistiu a dirigente regional do PAICV.

A assembleia regional, que serviu para discutir as autárquicas 2024 e aprovar os instrumentos de gestão para o ano de 2024, contou com militantes e dirigentes do partido a nível sectorial, regional e nacional, foi presidido pelo presidente do partido, Rui Semedo.

À imprensa Rui Semedo confirmou que o partido vai apostar em todos os actuais presidentes de câmaras, quer os dois em Santiago Norte, três em Santiago Sul, dois no Fogo, e na Boa Vista.

“Os nossos presidentes de câmaras são presidentes com bons desempenhos em Santiago Norte, e de uma forma geral no país (…)”, afirmou, justificando a aposta do partido que dirige nos mesmos para as eleições autárquicas deste ano.

“Não é só os militantes, mas a população tem apelado para darmos-lhes oportunidade para continuarem o processo de desenvolvimento dos seus respectivos municípios que já começaram a ter afirmação, já têm uma voz clara que defende e lidera os municípios, estão a melhorar as condições de vida das pessoas e a contribuírem na melhoria da qualidade das cidades (…)”, reforçou.

Relativamente aos candidatos do partido nos demais municípios, reiterou que os mesmos vão ser apresentados ao país em finais de Março.

“Estamos a apostar em candidatos que já têm reconhecimento nos seus concelhos e cujo nome é ponderado e discutido a nível das estruturas do partido, e também ouvindo o pulsar do próprio concelho. Damos garantias que estamos em condições de fazer um bom trabalho e apresentar bons nomes que vão encabeçar a lista do partido nas eleições autárquicas de 2024”, esclareceu Semedo.

Por fim, reiterou que o objectivo do PAICV é ser pela primeira vez o “maior partido” autárquico em Cabo Verde, assegurando que tal meta é possível de se atingir e que estão a trabalhar tanto em termos das listas e programa eleitoral local para serem sufragado pelos eleitos de todos os municípios como a melhor proposta em termos de candidatura e de programa e plataforma eleitoral.

FM/ZS

Inforpress/Fim

Notícias Recentes


14-06-2024 0:17
14-06-2024 1:25
13-06-2024 22:05
14-06-2024 8:00
13-06-2024 19:49