Acrides e parceiros entregam Espaço Cantinho Escolar na escola do ensino básico de Achada Mato

07-03-2024 12:42

Cidade da Praia, 07 Mar (Inforpress) - A Associação Crianças Desfavorecidas (Acrides) e parceiros entregaram hoje o Espaço Cantinho Escolar na escola do ensino básico de Achada Mato, na Praia, para “fortalecer o apoio” às crianças que enfrentam dificuldades de aprendizagem e desafios comportamentais.

Com a visão de oferecer oportunidades para um crescimento harmonioso, a Acrides e parceiros como Instituto Cabo-verdiano da Criança e do Adolescente (ICCA) e Comissão Nacional para os Direitos Humanos e a Cidadania (CNDHC) responderam ao chamado da Escola Achada Mato, que buscava parcerias para auxiliar crianças enfrentando desafios diversos.

“Acreditamos no potencial de cada criança para se tornar um adulto realizado e contribuir para a sociedade”, destacou um representante da ONG.

“Estamos aqui para colaborar com a escola e outros parceiros, unindo esforços para capacitar essas crianças e prepará-las para um futuro promissor”, disse a presidente da Acrides, Lourença Tavares.

A intervenção proposta abrangerá uma variedade de áreas, desde apoio académico para crianças com dificuldades de aprendizagem até atividades recreativas e conversas para oferecer suporte psicossocial às que mais necessitam.

Conscientes dos desafios presentes na atualidade, a ONG reconhece a importância de ajudar não apenas as crianças, mas também suas famílias.

“Nosso trabalho será integrado, envolvendo não apenas as crianças, mas também suas famílias”, explicou Lourença Tavares, apelando ao Ministério da Família e Inclusão social para aumentar a equipa. permitindo uma “colaboração eficaz” entre as escolas, as famílias e a comunidade.

“Acreditamos que essa parceria é essencial para que as famílias assumam seu papel de responsabilidade parental, complementando os esforços da escola no desenvolvimento das crianças", enfatizou.

Por seu lado, a responsável da escola Achada Mato, Izelena Furtado, precisou que o Espaço Cantinho Escolar irá fortalecer o apoio às crianças que enfrentam dificuldades de aprendizagem e desafios comportamentais, visando promover uma cultura de paz na escola.

“É de grande valia para as nossas crianças receber esse apoio, especialmente aqueles que estão enfrentando desafios de aprendizagem ou comportamentais, portanto os alunos receberão apoio adicional para lidar com problemas como comportamento inadequado e dificuldades acadêmicas”, elucidou.

Conforme precisou, a escola tem-se deparado com crianças que enfrentam dificuldades emocionais e comportamentais, incluindo problemas como agressão e pensamentos suicidas.

“Estamos preocupados com o bem-estar emocional dos nossos alunos”, enfatizou Izelena Furtado, que reconheceu a necessidade de um espaço mais adequado e recursos adicionais, ou seja, uma sala maior e profissionais qualificados, como psicólogos e sociólogos.

Segundo aquela responsável, a escola está comprometida em garantir que todas as crianças tenham acesso a uma educação de qualidade e a um ambiente de aprendizado seguro e inclusivo.

TC/AA

Inforpress/Fim

Notícias Recentes


17-06-2024 11:43
17-06-2024 11:35
17-06-2024 11:22
17-06-2024 11:11
17-06-2024 10:59