Academia promove debate sobre turismo ecológico e sustentável

01-03-2024 15:45

Cidade da Praia, 01 Mar (Inforpress) – A Academia da Arte Oratória promove hoje à tarde, nas plataformas digitais, uma conversa aberta sobre “Género e turismo ecológico” com o objectivo de trazer para agenda pública um debate profundo sobre esta temática que tem sido uma preocupação.

Segundo adiantou à Inforpress a mentora, Mónica Rodrigues, a iniciativa enquadra-se no projecto “Mulher, Género e Política” do programa “Integração do conhecimento local para a Reflexão Científica” e pretende conscientizar, mobilizar e engajar os decisores políticos, investigadores, sociedade civil sobre as questões que têm impactos directo ou indirectamente no aumento da resiliência e adaptação climática, bem como a protecção dos direitos humanos.

A ideia, segundo explicou, é trazer para agenda pública essa preocupação não somente na vertente da conservação da natureza, da protecção dos direitos dos humanos das famílias que vivem dos recursos económicos provenientes do turismo, mas também sobre os desafios climáticos que o país enfrenta e evitar a migração climática e perda de jovens capacitados para o exterior.

“Vamos desenvolver, no quadro dessa integração do conhecimento local, uma reflexão científica que nos dá um suporte teórico na fundamentação dos vários conceitos e de justificar o que é o turismo ecológico, o que é turismo sustentável e como podemos trazer o turismo ecológico e sustentável”, precisou.

Para Mónica Rodrigues, o ideal é tornar o turismo sustentável que respeita o meio ambiente, a família, os direitos sexuais e reprodutivos das mulheres e meninas em Cabo Verde, principalmente nas ilhas e nas zonas periféricas do país.

Por outro lado, sublinhou que integrar uma perspectiva de género na adaptação climática no turismo ecológico é essencial para garantir que as intervenções sejam inclusivas, equitativas e eficazes.

Neste sentido, requer a compreensão das dinâmicas de poder e das desigualdades de género existentes, bem como o envolvimento activo das mulheres e de outras comunidades marginalizadas na tomada de decisões e na implementação de medidas de adaptação.

A conversa vai contar com a intervenção de especialistas ligadas ao sector, nomeadamente Graça Sanches, Eloisa Cardoso e Nélida Luz e é destinada aos investigadores, universidades, líderes das associações comunitárias, feministas, activistas sociais, ambientais e de direitos humanos, decisores políticos, jornalistas e Governo.

A Academia da Arte Oratória é uma empresa criada com o intuito de desenvolver e fortalecer as competências das jovens mulheres na área da liderança, comunicação e arte da oratória, e tem a missão também de criar novas geração de líderes com a consciência dos desafios sociais e climáticos numa perspectiva de aumentar a resiliência climática com a capacitação dos jovens no requisito da igualdade de género e diplomacia climática.

O evento começa às 15:00, na plataforma Zoom, com transmissão em directo nas plataformas digitais.

AV/CP

Inforpress/Fim

Notícias Recentes


20-06-2024 15:17
20-06-2024 14:52
20-06-2024 14:45
20-06-2024 14:42
20-06-2024 14:40