Abertas as candidaturas para atribuição de bolsas de estudos para os estudantes dos PALOP

11-03-2024 13:21

Cidade da Praia, 11 Mar (Inforpress) – A Fundação Calouste Gulbenkian anunciou hoje que tem abertas as inscrições, até 31 de Maio, para atribuição de bolsas de estudos de mestrado em instituições de ensino superior (IES) portuguesas destinadas aos estudantes dos PALOP.

De acordo com a nota, o concurso tem como objectivo a valorização profissional e o estímulo à investigação de estudantes de Angola, Cabo Verde, Guiné Bissau, Moçambique e São Tomé e Príncipe que pretendam prosseguir, actualizar e especializar os seus conhecimentos em instituições de ensino superior portuguesas.

A nota informa que poderão concorrer candidatos com dupla nacionalidade, desde que uma das nacionalidades seja dos PALOP, apontando que a nacionalidade a indicar em primeiro lugar no formulário de candidatura é a nacionalidade dos PALOP.

No entanto, frisou, são considerados elegíveis mestrados nas áreas das Ciências Exactas e Naturais designadamente Matemática, Física, Química e Biologia, adiantando que serão atribuídas até 14 bolsas de mestrado, não sendo consideradas candidaturas para mestrado integrado.

A bolsa será atribuída por um período máximo de 24 meses, de acordo com as seguintes condições: no primeiro ano, atribuição de uma bolsa de mestrado por 12 meses, mais um mês de instalação em Portugal, para frequência do ano curricular numa instituições de ensino superior portuguesa e no segundo ano, caso o bolseiro esteja em condições de renovação, uma bolsa pelo período de duração estipulada no plano de estudos e até ao referido limite temporal da bolsa”, lê-se na nota.

A Fundação Calouste Gulbenkian adiantou ainda que apoia uma viagem para Portugal e de regresso ao país de origem no final da bolsa, destinado aos estudantes de Cabo Verde e Guiné-Bissau será de 750 euros e os estudantes de Angola, Moçambique e São Tomé e Príncipe receberão o apoio de 1.250 euros.

A mesma fonte informou, por outro lado, que só se admitem candidatos ao 1.º ano de mestrado, com residência permanente no país de origem e que só serão considerados os candidatos com idade inferior a 30 anos e que os completem à data de 31 de Dezembro de 2024, ou seja, nascidos a partir de 1994, inclusive.

CM/AA

Inforpress/Fim

Notícias Recentes


19-06-2024 20:22
19-06-2024 19:52
19-06-2024 19:42
19-06-2024 19:30
19-06-2024 19:17