Abertas as candidaturas aos prémios de Parcerias dos Pequenos Estados Insulares em Desenvolvimento

13-02-2024 14:57

Cidade da Praia, 13 Fev (Inforpress) – As Nações Unidas informaram que estão abertas até 01 de Março, as candidaturas aos prémios de parcerias dos Pequenos Estados Insulares em Desenvolvimento (Small Island Developing States – SIDS sigla em inglês).

Conforme a nota a que a Inforpress teve acesso, à semelhança de anos anteriores, estes prémios visam reconhecer os esforços de parcerias genuínas e duradouras, destacar boas práticas e promover a criação de novas parcerias com os SIDS.

Os prémios de Parcerias SIDS, avança a nota, são atribuídos em cada uma das três dimensões do desenvolvimento sustentável, nomeadamente a dimensão económica, social e ambiental.

“As parcerias devem demonstrar a sua relevância para a implementação da Caminho SAMOA e deve basear-se em princípios de apropriação nacional, confiança mútua, transparência e responsabilização, indicando que tendo em conta que alguns projectos podem sobrepor categorias, os candidatos devem indicar qual categoria é mais adequada para sua parceria”, lê-se na nota.

A categoria económica centrar-se-á em parcerias dentro de áreas prioritárias relevantes do SAMOA que se enquadram neste tema, nomeadamente a promoção de crescimento sustentado e sustentável, inclusivo e equitativo com trabalho digno para todos, turismo energia e transporte sustentáveis, consumo e produção sustentáveis, segurança alimentar e nutricional.

Já a categoria social, indica a nota, centrar-se-á em parcerias dentro de áreas prioritárias relevantes do SAMOA, nomeadamente, promoção de sociedades pacíficas e comunidades seguras, educação, cultura e desporto, desenvolvimento social, igualdade de género e empoderamento das mulheres, saúde e doenças não transmissíveis.

Por sua vez, a categoria ambiental centrar-se-á em parcerias dentro de áreas prioritárias relevantes do Caminho SAMOA que se enquadram neste tema, nomeadamente, as alterações climáticas, redução do risco de desastres, oceanos e mares, água e saneamento, gestão de produtos químicos e resíduos, incluindo resíduos perigosos, biodiversidade, desertificação, degradação da terra e seca, florestas, espécies exóticas invasoras.

Cabo Verde faz parte dos Pequenos Estados Insulares em Desenvolvimento (SIDS) - também conhecidos como estados do grande oceano que abrange alguns dos países mais vulneráveis do mundo.

Os SIDS são reconhecidos pela ONU como um grupo específico de países prioritários. Seu pequeno tamanho, distância e bases de recursos limitadas significam que eles tendem a compartilhar uma série de desafios únicos para o desenvolvimento sustentável.

Os SIDS também são particularmente vulneráveis aos impactos das mudanças climáticas e aos desastres naturais, que podem se tornar mais frequentes e intensos no futuro.

A Assembleia Geral das Nações Unidas reafirmou seu apelo para convocar, este ano, a quarta Conferência Internacional sobre Pequenos Estados Insulares em Desenvolvimento, que terá como objectivo avaliar a capacidade dos pequenos Estados insulares em desenvolvimento de alcançar o desenvolvimento sustentável, incluindo a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável e Objectivos de Desenvolvimento (ODS).

CM/ZS

Inforpress/Fim

Notícias Recentes


20-06-2024 8:09
20-06-2024 8:02
20-06-2024 7:55
19-06-2024 22:59
19-06-2024 22:48