Porto Novo/Planalto Norte: Associação alerta para a recuperação dos caminhos vicinais

21-02-2024 12:51

Porto Novo, 21 Fev (Inforpress) – O presidente da Associação Alven do Norte, no Planalto Norte do Porto Novo, em Santo Antão, alertou hoje para o “mau estado” dos caminhos vicinais na localidade, que são “muito utilizados” pelos moradores e turistas.

Maduine Silva disse à Inforpress que nesta altura a maior preocupação prende-se com o percurso de acesso à zona de Cinta de Círio, “muito frequentada! pelos turistas e que dá acesso a uma nascente ainda “muito utilizada” pelos habitantes.

Além dos caminhos vicinais, a estrada de acesso ao Planalto Norte está também em “mau estado”, segundo este responsável, que se mostrou preocupado, sobretudo com o troço que liga Chã de Feijoal à Chã de Norte.

O líder associativo associa-se aos habitantes do Planalto Norte para reivindicar também a requalificação da estrada de acesso ao Planalto Norte, por ser uma zona de “grande potencial económico”, designadamente a nível da pecuária e do turismo.     

Os moradores no Planalto Norte têm insistido na necessidade de o Governo avançar com a obras na estrada Campo Redondo – Chã de Norte, grande parte da qual encontra-se “praticamente intransitável”.  

Os habitantes disseram à Inforpress que o estado em que se encontra a estrada, sobretudo o troço que liga Chã de Cruz à Chã de Norte, “tem sido um perigo para a vida das pessoas”.

Os próprios operadores turísticos no Planalto Norte defendem a requalificação da estrada para que o turismo possa ser incrementado nessa parcela do território municipal, acreditando que, “com uma estrada condigna”, esse planalto passará a ser “uma das zonas mais visitadas” de Santo Antão.

Os munícipes têm estado, nos últimos tempos, a pedir com insistência a reabilitação da rede de estradas carroçáveis no município do Porto Novo, que sofreu “danos consideráveis” durante as chuvas de Setembro do ano passado.

Além da estrada do Planalto Norte, a via que liga Ribeira da Cruz à Chã de Norte e as estradas de acesso à Ribeira Fria e à Ribeira dos Bodes precisam também de obras de reabilitação, segundo os moradores.

No caso da Ribeira Fria, o representante da comunidade, Adilson Gomes, disse à Inforpress que “a situação da estrada é de tal forma alarmante” que os próprios condutores têm estado eles próprios a “tapar os buracos” que dificultam a circulação das viaturas.

A Câmara Municipal do Porto Novo prevê investir em 2024 cerca de 20 mil contos na reabilitação e requalificação das estradas municipais.

JM/AA

Inforpress/Fim 

Notícias Recentes


19-04-2024 23:26
19-04-2024 22:50
19-04-2024 22:41
19-04-2024 22:36
19-04-2024 21:23