Praia: AdS e ECCBC Cabo Verde levam água à comunidade de São Pedro Latada

11-06-2024 12:52

Cidade da Praia, 11 Jun (Inforpress) – A Águas de Santiago (AdS) e a ECCBC Cabo Verde assinaram hoje, na cidade da Praia, um protocolo que visa a construção de uma rede de distribuição de água em São Pedro Latada e que vai beneficiar 20 famílias.

Um investimento de 780 contos estabelece os termos para a realização de acções no município da Praia, com o objectivo de melhorar o abastecimento de água, as ligações domiciliares e a eficiência hídrica na localidade de São Pedro Latada.

Esse projecto está enquadrado na política de responsabilidade socio-ambiental e alinhado com os Objectivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), segundo a directora de RH e Sustentabilidade da ECCBC Cabo Verde, Danila Ferreira.

Aquela responsável explicou que até 2030, a quantidade de água utilizada na produção diária da Coca-Cola deverá ser a mesma que a empresa conseguirá devolver à comunidade.

"A água é um dos pilares estratégicos que temos dentro do nosso plano de gestão ambiental. Portanto, o objectivo de iniciar esse protocolo com a AdS, com a perspectiva de levar água potável à nossa comunidade, é uma satisfação enorme, pois nos ajuda a ver que definitivamente estamos a dar passos para atingir o nosso objectivo de desenvolvimento sustentável no que diz respeito à água", acrescentou Danila Ferreira.

Por seu lado, o presidente do conselho de administração da empresa Águas de Santiago (AdS), Nilton Duarte, destacou a importância de levar água potável àquela localidade periférica que há “muito tempo “solicitam a ligação de água, mas, devido a dificuldades financeiras, não foi possível.

“Nós abraçamos esse projecto e agradecemos à Coca-Cola pela iniciativa e por ser um exemplo para outras empresas privadas na ilha de Santiago, ajudando na luta para aumentar a disponibilidade e a ligação de água na cidade da Praia”, frisou.

O objectivo da ADS, ressaltou Nilto Duarte, consiste em continuar aumentando a quantidade de água na ilha de Santiago, por meio de vários outros projectos em curso, como o programa de eficiência hídrica e de gestão de perdas, que está em andamento na Praia e em toda a ilha. Esses projectos estão sendo desenvolvidos com o intuito de alcançar 100% de ligação de água em casa, conforme o programa do Governo.

Maria Fernandes em representação da população de São Pedro Latada, manifestou a sua satisfação com a implementação da água domiciliária, sublinhando que a vida dos residentes de São Pedro Latada deve melhorar significativamente.

"Será muito melhor, porque perdemos muito tempo correndo atrás de água, além de gastar muito dinheiro, cerca de 1200 a 1300 escudos por tonelada," ressaltou.

A expectativa agora é que o serviço seja implementado antes do dia da festa de São Pedro, que é no dia 29 de Junho.

TC/ZS

Inforpress/Fim

Notícias Recentes


14-06-2024 0:17
13-06-2024 22:05
13-06-2024 19:49
13-06-2024 19:04
13-06-2024 19:45