Turismo: PM anuncia investimentos de quatro milhões de euros para colocar Cidade Velha na arena internacional

17-02-2024 16:01

Cidade da Praia, 17 Fev (Inforpress) – O primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, anunciou, sábado, um pacote de investimentos de quatro milhões de euros, já em preparação para execução, para se afirmar Cidade Velha como destino turístico e a colocar na arena internacional.

O chefe do Governo, que discursava no lançamento da nova Marca Turística e Cabo Verde, que acontece na Fortaleza Real São Filipe, manifestou o sonho de ver Cidade Velha, à semelhança do que acontece com a ilha Gorée, no Senegal, a receber grandes individualidades e a ser uma referência do turismo mundial.

“Para além daquilo que tem sido feito em termos de investimentos, há um pacote de quatro milhões de euros [cerca de 440 mil contos] já em preparação para a execução em termos de realização concreta, que vai ainda reforçar aquilo que é único aqui neste lugar que é património da humanidade”, disse.

“É património da humanidade pela sua história e valorizar ainda mais cria retornos fortes. E a nossa ambição, o nosso sonho é que Cidade Velha, de facto, se afirme na arena internacional. Não estou a dizer para todos os presidentes americanos visitarem, como em Gorée, mas espero que visitem, que haja mais e mais turistas a virem para a Cidade Velha”, augurou.

Ulisses Correia e Silva afirmou que Cidade Velha tenta tanto ou mais história do que a ilha Gorée, e que tem uma história viva, secular de várias referências de civilizações que se cruzaram no local e que, por isso, a tornou numa referência única.

A nova Marca Turística do Destino Cabo Verde, representado por um coração com cores vivas retratando as 10 ilhas de Cabo Verde e que tem como embaixador o artista Dino d’Santiago, é a identidade que capta a diversidade das ilhas e promove o país como destino turístico, simbolizando a morabeza, a origem, a história, a cultura e a autenticidade do povo cabo-verdiano.

“Parece que são meros desenhos, mas o importante é o significado que carrega, a força que carrega a mensagem que transporta, a narrativa que transporta”, explicou o chefe do Governo.

O primeiro-ministro durante a sua alocução recordou vários outros investimentos que têm sido feitos para fazer com que as cidades e aldeias cabo-verdianas sejam atractivas para as pessoas viverem, visitarem e investirem.

O foco agora deve ser nos recursos endógenos e na qualidade que obriga ao investimento contínuo e na diversificação do destino, para que não seja apenas sol e praia.

A nova Marca Turística do Destino Cabo Verde, cujo objectivo é de reforçar a promoção promover o destino turístico cabo-verdiano, tem como embaixador o músico, compositor e activista português de ascendência cabo-verdiana, Dino d’Santiago.

Num vídeo de pouco mais de três minutos e com tradução em inglês, Dino d’Santiago apresenta a história de Cabo Verde e “um país que desperta todos os sentidos e que provoca todas as emoções”.

O artista fala de “cenários singulares, montanhas imponentes, areia branca a perder de vista, um vulcão do tamanho dos nossos sonhos e um mar azul onde as ondas embalam canções. Cabo Verde, berço de histórias e memórias, de episódios que marcam a bravura de um povo resistente, lutador”.

Fala ainda das mais belas pessoas do mundo, de gente de coração e sorriso aberto, que recebe com hospitalidade, carinho e dedicação e com morabeza e faz um convite às pessoas para visitarem e demorarem em Cabo Verde, pois, salientou “cada viagem é mais importante que o destino final e onde as experiências surpreendem a cada momento”.

MJB/CP

Inforpress/fim 

Notícias Recentes


17-06-2024 8:38
17-06-2024 8:07
17-06-2024 7:47
16-06-2024 19:33
16-06-2024 16:12