Projecto São Filipe Smart Tour inaugurado hoje pelo presidente da câmara e representante do PNUD

16-02-2024 8:57

São Filipe, 16 Fev (Inforpress) – O projecto do sistema de sinalização turística, denominado de São Filipe Smart Tour, é inaugurado hoje pelo presidente da câmara e pelo representante residente do PNUD/UNFPA e Unicef, Nuías Silva e David Matern, respectivamente.

De acordo com a autarquia, a cidade de São Filipe é um “verdadeiro tesouro da história, cultura e arquitectura colonial única, com raízes que remontam aos séculos XVIII e XIX” e conhecida como a "cidade dos sobrados".

A mesma fonte sublinhou que esta “preciosidade cabo-verdiana” convida os visitantes a mergulhar em seu passado e se maravilhar com a beleza de suas “elegantes sobrados e edifícios coloridos, que são testemunhas vivas da prosperidade económica da cidade na época, quando o comércio de café e vinho prosperava”.

O São Filipe Smart Tour é mais do que uma simples visita, mas é um portal para o passado que se alia à tecnologia digital para proporcionar uma experiência inovadora e enriquecedora e ao embarcar neste tour, os visitantes têm a oportunidade de explorar, aprender e desfrutar do rico legado histórico da ilha do Fogo de uma forma tão conveniente e informativa.

Este projecto é cofinanciado pelo PNUD, através do Laboratório de Aceleração e a Câmara de São Filipe enquadra-se dentro da estratégia de São Filipe, município digital e Smart Citie.

A sinalização turística enquanto componente da interpretação do património tem como finalidade viabilizar e direcionar o fluxo turístico a partir de um bom sistema de sinalização e informação sobre os atractivos turísticos de modo a tornar-se num meio fundamental para dinamizar o turismo, promover o destino através da informação dos principais pontos históricos e facilitando a mobilidade dos turistas.

O São Filipe Smart Tour tem por objectivo estabelecer uma leitura patrimonial e turística através de meios de interpretação e placas sinaléticas dos principais pontos e monumentos históricos da cidade de São Filipe, tendo sido colocado 22 sinaléticas turísticas de sítios e monumentos históricos, incluindo sobrados, o monumento de tartaruga e letreiro “Fogo Reserva da Biosfera”.

As placas sinaléticas contêm conteúdos de texto e multimédia que leva o turismo para uma plataforma digital para leitura da informação turística, sendo que cada ponto turístico dispõe de um QR Code que permite o acesso a informação desse ponto de interesse, em texto e áudio em três línguas, nomeadamente portuguesa, inglesa e francesa.

O acto inaugural acontece na Praça das Bandeiras, onde está localizado o Ponto Zero que marca o início da cidade de São Filipe com as intervenções do presidente da câmara e representante residente do PNUD/UNFPA/Unicef em Cabo Verde, seguido de uma visita guiada aos sobrados, monumentos e sítios do São Filipe Smart Tour.

JR/AA

Inforpress/Fim

Notícias Recentes


15-06-2024 22:18
15-06-2024 22:13
15-06-2024 21:40
15-06-2024 22:01
15-06-2024 21:52