Fogo: Projecto Destino Fogo capacita instituições da sociedade civil sobre elaboração de programas e projectos

22-02-2024 10:06

São Filipe, 22 Fev (Inforpress) – O projecto Destino Fogo - Desenvolvimento Ecológico e Sustentável do Turismo e Inovação da Oferta, implementado pela Organização Não-governamental Italiana, Cospe, realiza hoje e sexta-feira uma acção de capacitação dos parceiros sobre metodologia de elaboração de programas e projectos.

A capacitação de dois dias sobre a teoria de mudança (TOC) é destinada às instituições e organizações da sociedade civil da ilha do Fogo e enquadra-se nas actividades de reforço da sociedade civil do novo projecto financiado pela União Europeia e implementado pela Cospe em parceria com outras instituições.

A capacitação terá uma parte teórica e outra prática e visa sobretudo o material de elaboração de programas e projectos, segundo a mobilizadora comunitária do projecto Destino Fogo.

O coordenador local do projecto, Gerson Pires, destacou que a teoria de mudança é uma metodologia utilizada para elaborar projectos, mas é também uma metodologia exigida pelos financiadores que não querem saber apenas dos resultados, mas sobretudo dos impactos que a acção, o programa e o projecto terão a médio e longo prazos, ultrapassando o período de vigência do projecto.

O coordenador explicitou que é por esta razão que o projecto está a promover a acção de capacitação tendo em consideração que tem uma parte de reforço da sociedade civil da ilha do Fogo, sublinhando que esta capacitação é dirigida às pessoas das instituições e organizações de sociedade civil que trabalham com a elaboração de projectos e programas para reforçar as suas competências nesta matéria e com base na teoria de mudança.

O novo projecto está voltado para o desenvolvimento do turismo sustentável nas áreas protegidas de Cabo Verde e o seu objectivo é criar oportunidades para o desenvolvimento do turismo para que as comunidades locais tenham um desenvolvimento económico e social dentro do turismo.

O Destino Fogo, iniciado em Novembro de 2023, terá a duração de três anos e conta com um financiamento de mais de um milhão de euros (1.055.000), perto de 120 mil contos cabo-verdianos, dos quais 200 mil euros serão disponibilizados para as cooperativas, empresas e associação visando implementação de actividades de diversificação turística e requalificação de estruturas de acolhimento.

O projecto Destino Fogo - desenvolvimento ecológico e sustentável do turismo e inovação da oferta em Fogo” é implementado pela ONG Cospe em parceria com a Associação Projecto Vitó, Associação Cabo-verdiana de Luta Contra Violência Baseado no Género (ACLCVBG), Laço Branco, Associação FG Turismo, Associação Italiana Turismo Responsável (AITR) e as três câmaras da ilha.

JR/ZS

Inforpress/Fim

Notícias Recentes


16-06-2024 19:33
16-06-2024 16:12
16-06-2024 16:03
16-06-2024 15:47
16-06-2024 14:57