Administrador da Electra garante estabilização na produção e distribuição de energia em Santiago

28-02-2024 17:49

Cidade da Praia, 28 Fev (Inforpress) - A avaria que ocorreu num dos grupos de maior potência na central eléctrica do Palmarejo, na Praia, e provocou cortes de energia na ilha de Santiago já foi resolvida, garantiu hoje o administrador executivo da Electra.

Antão Cruz deu esta informação em conferência de imprensa, na cidade da Praia, tendo esclarecido que as perturbações relatadas a nível de Santiago e Sal não têm nada a ver com combustível e que a empresa tem um estoque de segurança que permite “alguns dias de funcionamento”.

“Nós não enfrentamos quaisquer problemas de combustíveis ou de fornecimento de combustível. Temos uma boa relação com as duas petrolíferas, Shell e Enacol, e havendo, se algum dia houver, acredito que vão ser parceiros e vão colaborar”, explicou.

Segundo o administrador executivo da Electra, no passado fim-de-semana, houve dois ‘blackouts’ na ilha de Santiago, sendo um deles com um registo de duração não habitual, devido a dificuldades em se conseguir ligar alguns assessórios.

“Implementamos um centro nacional de despacho, que permite que as ligações a nível do sistema eléctrico de Santiago, São Vicente e Sal sejam céleres. É toda uma tecnologia baseada em comunicação via fibra óptica, que permite que possamos religar em situações, do género, com alguma rapidez”, ressaltou.

Antão Cruz adiantou, porém, que a questão não foi com o centro de despacho, mas sim com a própria central em que tiveram dificuldades em conseguir ligar alguns assessórios.

Acrescentou ainda que a Electra não tem nenhuma avaria grossa nas máquinas, avançando a existência de quatro geradores wartsila de 11 megawatts, que estão operacionais, o problema alegou, foi que na altura da ligação o serviço ficou sem uma alimentação secundária de 110 watts.

“A avaria foi resultante de um dos grupos que teve avaria relacionada com uma peça mecânica que foi resolvida pela nossa equipa de manutenção ontem [terça-feira] a noite”, disse, Antão Cruz frisando que o conserto já passou a fase de teste e que tudo está operacional.

O administrador executivo da Electra apelou ao consumo racional da energia eléctrica, lembrando as perdas que rondam 25% de roubo de energia, e alertou que caso não houvesse perdas não haveria necessidade da Electra fazer os cortes na noite de terça-feira.

Quanto à ilha do Sal afirmou que foram três ‘blackouts’ e que foram provocados por uma avaria num dos grupos maiores da central, mas que já está funcionando sem qualquer problema.

JBR/PC//CP 

Inforpress/Fim

Notícias Recentes


14-06-2024 0:17
14-06-2024 1:25
13-06-2024 22:05
13-06-2024 19:49
13-06-2024 19:04