Mundial de kitesurf: Júlia Silva caiu nas quartas-de-final frente à vice-campeã do Mundo

19-02-2024 16:16

Santa Maria, Sal, 19 Fev (Inforpress) – A jovem velejadora cabo-verdiana Júlia Silva, a única participante crioula na I Etapa do Mundial de kitesurf feminina, encerrada hoje na praia de Ponta Preta, terminou a sua prestação nas quartas-de-final.

Depois de ter iniciado a competição com um segundo lugar numa disputa a três, vencida pela norte-americana Moona Whyte, a atleta crioula fez a proeza de eliminar, na segunda ronda, a italiana Barbara Sgardelo, número 12 do “ranking” mundial.

Júlia Silva foi afastada na luta pelas meias-finais pela francesa Capucine Delannoy, atleta que viria a perder a final para a norte-americana Moona Whyte.

Cumprida a sua prestação, a jovem crioula disse à Inforpress que valeu a pena todo o esforço para representar Cabo Verde, alegando que teve o prazer de competir lado a lado com grandes nomes do mundo do kite, ao mesmo tempo que aproveitou a competição para acumular experiências, fazer novas amizades e abrir novos horizontes.

A etapa mundial de Ponta Preta conta com o concurso dos melhores velejadores, em representação de Cabo Verde, Brasil, EUA, Portugal, Espanha, Itália, Suíça, Canadá, Hungria, África do Sul, Espanha, Havaí, Marrocos, Austrália, Alemanha, Grécia e Bélgica, entre outros pontos do globo.

A etapa de Ponta Preta prossegue por estes dias com as provas femininas de kitesurf, a qual se segue o Mundial de Wing-foil, em masculinos e femininos.

SR/HF

Inforpress/Fim

Notícias Recentes


19-07-2024 14:47
19-07-2024 14:32
19-07-2024 14:11
19-07-2024 13:52
19-07-2024 13:47